fbpx

quinta, 23 de setembro de 2021

Operação Sangria é comentada em sessão plenária da Câmara

Um dia, após a Operação Sangria da Polícia Federal em Manaus, os vereadores da CMM, decidiram comentar sobre os acontecimentos ligados ao Governo.

1 de julho de 2020

Compartilhe

Sessão ocorreu de forma híbrida - Foto: CMM

Um dia, após a Operação Sangria da Polícia Federal em Manaus, os vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM), decidiram comentar sobre os acontecimentos ligados ao Governo do Estado.

O vereador Everton Assis (PSL), iniciou comentando a situação caótica que a cidade se encontra, em relação à má gestão do Governo. “Infelizmente estamos vivendo isso, mas vai passar”, disse.

Sob o mesmo ponto de vista, o vereador Raulzinho (PSDB) afirmou que “quem furtou dinheiro da saúde tem que ser penalizado”.

Sobre a operação sangria, o presidente da casa, Joelson Silva (Patriota), espera que “essas investigações passem bem longe daqui [CMM]. Acredito na integridade de vossas excelências”, comentou.

O vereador Marcelo Serafim (PSD), que é presidente da comissão de saúde da CMM, comentou que já havia questionado quanto ao superfaturamento na compra de respiradores pelo Estado.

“Agora tudo está sendo descoberto. E a cidade vai descobrir que o governador está envolvido em corrupção”, disse.

Quarentena

Os vereadores que participaram da inauguração do complexo viário ministro Roberto Campos, na última segunda-feira, (29/06), permanecem participando das sessões de forma virtual.

Acontece que os parlamentares tiveram contato com o prefeito Arthur Neto, que testou positivo para a Covid-19. Por isso, o presidente da CMM solicitou que, antes de retornarem às atividades presenciais, os vereadores realizem o teste.

Entre os vereadores que se pronunciaram na sessão, de forma virtual, estão Raulzinho (PSDB), professor Gedeão Amorim (MDB), Everton Assis (PSL) e Elias Emanuel (PSDB).

Veja também: Inaugurado, novo complexo viário é alvo de críticas

Leia mais sobre Política

Vereador vai receber demanda da população em gabinete virtual

Vereador da CMM Amom Mandel lança neste domingo (10), o ‘Gabinete Online”. O parlamentar abre, ainda, conta no Instagram exclusiva para conteúdos do gabinete.

9 de janeiro de 2021

Wallace Oliveira propõe sepulturas verticais em cemitérios de Manaus

O objetivo, segundo ele, é contribuir com uma solução rápida e eficaz para o problema de falta de espaço nos cemitérios, agravado pelo aumento no número de mortes por covid.

8 de janeiro de 2021

Câmara de Manaus suspende atendimento ao público até março

O legislativo já estava trabalhando em forma de revezamento e com quantidade de servidores reduzidos, desde que julho de 2020. A CMM também decretou regime de teletrabalho.

7 de janeiro de 2021

No parlamento, vereador Allan Campelo quer cuidar da juventude

O parlamentar que é psicólogo disse que já atua com os jovens, através de trabalhos sociais e pretende levar essa atuação para a Câmara Municipal de Manaus.

6 de janeiro de 2021

David Reis já começou a definir equipe interna de diretores na CMM

A Procuradoria Geral continua tendo como responsável Roberto Nakajima Fernandes, que é filho de Junior Fernandes, que já integrou a corte do Tribunal Regional Eleitoral.

6 de janeiro de 2021

Capitão Carpê não quer que policiais fiquem de prontidão em quartéis

O vereador Capitão Carpê (Republicanos) pede que os policiais militares não sejam obrigados a ficar nos quarteis, em sobreaviso, correndo risco de se contaminarem.

5 de janeiro de 2021

Vereador Peixoto recebe representantes indígenas na Câmara

Segundo o parlamentar, o encontro ocorreu para alinhar futuras ações realizadas para o benefício das comunidades rurais de Manaus, em especial os indígenas.

5 de janeiro de 2021

Rodrigo Guedes quer impedir aumento de salário dos vereadores

Vereador também criticou o aumento proposto e aceito aos deputados da Assembleia Legislativa. Para ele, não é o momento ideal para quaisquer acréscimo nos valores.

4 de janeiro de 2021