fbpx

terça, 15 de junho de 2021

Em 10 meses, vereadores usaram R$ 5,9 milhões do ‘cotão’

O famoso "cotão", é uma verba destinada aos vereadores para o exercício da atividade parlamentar, na Câmara, que pode ser utilizada para diversos fins.

29 de dezembro de 2020

Compartilhe

Os principais gastos foram justificados como divulgação de atividade parlamentar e etc (Foto: CMM)

Já diz a canção de Simone “Então é Natal, e o que você fez?”, nesse caso o ano termina com um saldo de R$ 5,9 milhões gastos pelos vereadores da Cota para Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap), no período de janeiro (sim, mês de recesso) a outubro de 2020.

Mais conhecido como “cotão”, o Ceap “paga” a cada um dos parlamentares, mensalmente, o valor de R$ 18 mil. Essas informações constam no portal da transparência da Câmara Municipal de Manaus (CMM).

Os principais gastos foram justificados como divulgação de atividade parlamentar, combustível e locação de transporte térreo e fluvial.

Em janeiro, período em que os parlamentares estavam em recesso, três utilizaram todo valor mensal do cotão, justificando atividades parlamentares.

Entre eles estão os vereadores Raulzinho (PL), Gedeão Amorim (MDB) e Reizo Castelo Branco (PTB) que utilizaram todo o cotão no valor de R$ 18 mil, cada.

Até mesmo nos meses de abril e maio, período em que os parlamentares trabalharam remotamente, com reuniões e sessões plenárias no formato on-line, foram utilizados valores altos em combustível como o RealTime1 já noticiou.

Dos 41 atuais vereadores, o único que utilizou apenas dois meses da cota foi Daniel Vasconcelos (PSC), já que ele assumiu o cargo em junho, foi cassado em agosto e teve mandato de volta em setembro. No total, o vereador utilizou R$ 50 mil do cotão.

Vereadores que menos gastaram

Quem menos gastou, em 10 meses, foi o vereador Hiram Nicolau (PSD), que utilizou R$ 93.500,00. Sendo que o parlamentar não utilizou nada do cotão em quatro dos 12 meses do ano. No período de abril a junho e em outubro.

Em segundo lugar entre os que menos gastaram está o presidente da CMM, Joelson Silva (Patriota), que utilizou R$ 109.917,32 ao longo do ano. Em terceiro vem o vereador Wallace Oliveira (Pros) com R$ 111.961,23 utilizados.

Em quarto e quinto lugar estão os vereadores Carlos Portta (PSB) e Marcel Alexandre (Podemos), que utilizaram R$ 112.961,02 e R$ 114.545,87, respectivamente. Ambos também não utilizaram o cotão, no meses de abril a junho e em outubro.

Quem mais gastou

Como já dito acima, todos os meses, os vereadores têm direito a R$ 18 mil do cotão, esse valor somado em 10 meses, se fossem gastos em sua totalidade mensalmente, chegariam a R$ 216 mil por vereador. No entanto, os parlamentares não chegaram a utilizar o valor total.

Quem mais chegou perto de atingir aos R$ 216 mil foi o vereador Ceará Lima (PSDB), com R$ 179.600,33. Em segundo lugar vem o vereador David Reis (Avante), com R$ 175.724,02. Já em terceiro lugar está o vereador Diego Afonso (PSL), com R$ 175.864,51 gastos.

Os meses de novembro e dezembro não constam no site da CMM.

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Vereador vai receber demanda da população em gabinete virtual

Vereador da CMM Amom Mandel lança neste domingo (10), o ‘Gabinete Online”. O parlamentar abre, ainda, conta no Instagram exclusiva para conteúdos do gabinete.

9 de janeiro de 2021

Wallace Oliveira propõe sepulturas verticais em cemitérios de Manaus

O objetivo, segundo ele, é contribuir com uma solução rápida e eficaz para o problema de falta de espaço nos cemitérios, agravado pelo aumento no número de mortes por covid.

8 de janeiro de 2021

Câmara de Manaus suspende atendimento ao público até março

O legislativo já estava trabalhando em forma de revezamento e com quantidade de servidores reduzidos, desde que julho de 2020. A CMM também decretou regime de teletrabalho.

7 de janeiro de 2021

No parlamento, vereador Allan Campelo quer cuidar da juventude

O parlamentar que é psicólogo disse que já atua com os jovens, através de trabalhos sociais e pretende levar essa atuação para a Câmara Municipal de Manaus.

6 de janeiro de 2021

David Reis já começou a definir equipe interna de diretores na CMM

A Procuradoria Geral continua tendo como responsável Roberto Nakajima Fernandes, que é filho de Junior Fernandes, que já integrou a corte do Tribunal Regional Eleitoral.

6 de janeiro de 2021

Capitão Carpê não quer que policiais fiquem de prontidão em quartéis

O vereador Capitão Carpê (Republicanos) pede que os policiais militares não sejam obrigados a ficar nos quarteis, em sobreaviso, correndo risco de se contaminarem.

5 de janeiro de 2021

Vereador Peixoto recebe representantes indígenas na Câmara

Segundo o parlamentar, o encontro ocorreu para alinhar futuras ações realizadas para o benefício das comunidades rurais de Manaus, em especial os indígenas.

5 de janeiro de 2021

Rodrigo Guedes quer impedir aumento de salário dos vereadores

Vereador também criticou o aumento proposto e aceito aos deputados da Assembleia Legislativa. Para ele, não é o momento ideal para quaisquer acréscimo nos valores.

4 de janeiro de 2021