fbpx

sexta, 25 de junho de 2021

Lixo produzido nos municípios terá plataforma para fiscalização

As promotorias do Ministério Público do Amazonas realizam um levantamento junto às prefeituras para constituir um banco de dados sobre os lixões.

29 de maio de 2021

Compartilhe

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) está realizando censo junto às Promotorias de Justiça do Interior acerca da atuação ministerial contra o descarte irregular de lixo em todo o Estado. A intenção é constituir uma base de dados que facilite o acompanhamento da questão dos resíduos sólidos em todo o Amazonas.

As informações estão sendo levantadas pelo Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça do Meio Ambiente (CAO-MAPH-URB) e serão disponibilizadas via link eletrônico no portal do MPAM.

“Os lixões são responsáveis pela contaminação do solo e das águas subterrâneas e pelo mau cheiro, além de atraírem diversos vetores de doenças. A atuação sempre vigilante do Ministério Público garante a gestão apropriada de resíduos sólidos nos municípios do interior do Estado. Tais iniciativas evitam inúmeros danos ao meio ambiente e trazem mais qualidade de vida e saúde para a população”, enfatizou a Coordenadora do CAO-MAPH-URB, Procuradora de Justiça Maria José da Silva Nazaré.

Além do quadro geral sobre a questão dos Resíduos Sólidos, também serão disponibilizadas cópias de recomendações, dos termos de Ajustamento de Conduta Ambiental e das ações ajuizadas pelas Promotorias de Justiça, promovendo assim a colaboração e o intercâmbio material.

Futuramente, painéis temáticos como esse poderão ser criados para outros temas, a fim de agilizar a troca de experiências modelos de peças, além de permitir uma visão macro da questão nos diferentes municípios do Estado do Amazonas.

Até o momento, responderam ao Censo os municípios de Benjamin Constant, Boa Vista do Ramos, Boca do Acre, Careiro da Várzea, Envira, Itacoatiara, Itamarati, Juruá, Nova Olinda do Norte, Novo Airão, Santa Isabel do Rio Negro e São Paulo de Olivença.

Informações do MP-AM

Leia mais:

Leia mais sobre Cidades

MP recomenda inclusão de escolas ribeirinhas de Manaus na Lei do Fundeb

A 59ª Promotoria de Justiça da Educação (PRODHED) explica que educação indígena difere da ribeirinha e que Semed precisa colocar essa representatividade na educação no campo.

25 de junho de 2021

Voluntários se mobilizam para ajudar famílias atingidas pela cheia

O grupo 'Parceiros Brilhantes' já conseguiu atender mil famílias de cinco municípios do Amazonas, além da capital, com alimentos e produtos de higiene pessoal.

25 de junho de 2021

FVS-AM testa em Coari nova geração de mosquiteiros no combate à malária

Estudo pioneiro no Amazonas avaliará como a utilização de dois inseticidas juntos nos mosquiteiros impactam na população do transmissor da doença.

25 de junho de 2021

Jornalista sofre agressão de servidores da prefeitura de Itacoatiara

Correspondente da Rede Amazônica, Leandro Marques, 22, foi atacado e ameaçado por assessores do prefeito Mário Abrahin durante reportagem; um servidor foi exonerado.

24 de junho de 2021

Campanha informa direitos de pessoas autistas no transporte coletivo

Objetivo é massificar a informação que a as pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) não pagam tarifas de ônibus e podem emitir credencial para estacionamento.

24 de junho de 2021

Prefeitura e Procon-AM vão atuar juntos na fiscalização de serviços públicos

A iniciativa terá vigência de dois anos e não representa ônus financeiros para nenhuma das instituições conveniadas.

24 de junho de 2021

Diretora de conteúdo da Lupa diz que desinformação é ‘problema social’

Jornalista Natália Leal participou do webinário do portal RealTime1, com o tema “FACT-CHECKING – As consequências da desinformação e das fake news para a democracia”.

23 de junho de 2021

Ephigênio Salles será alargada e vai ganhar passarela para pedestres

O alargamento da via acontecerá a partir da saída do viaduto Miguel Arraes, até a entrada da avenida Via Láctea, no conjunto Morada do Sol.

23 de junho de 2021