fbpx

sexta, 26 de fevereiro de 2021

Covid-19 e ‘Saúde Amazonas’: desafios e metas do Governo do Estado

Para 2021 a Secretaria de Saúde quer otimizar o atendimento da rede pública em todo o Estado. Proposta orçamentária enviada a Assembleia Legislativa é de R$ 2,6 bilhões.

14 de dezembro de 2020

Compartilhe

Vírus foi um grande desafio para a secretaria este ano (Foto: Divulgação)

Pegando o mundo de surpresa, a chegada do coronavírus ao Amazonas implicou em uma série de medidas para que fossem amenizados os impactos que o então desconhecimento e a gravidade da doença traziam.

Para atender às demandas que, principalmente, entre março e junho, inflaram o sistema de saúde do estado, o Governo do Amazonas teve que reforçar a estrutura tanto na capital quanto no interior, resultando, inclusive, na ampliação no número de leitos.

Só na capital, neste período de pico, o número de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aumentou em 150%, passando de 107 para 270. Os leitos clínicos saltaram 76%, aumentando de 532 para 939.

O aumento no número de casos de covid fez com que o Estado decretasse o fechamento do comércio, escolas, cinemas, bares, além de estabelecer protocolos padrões para os setores públicos e privados.

Todo esse cenário epidemiológico pode ser dividido em alguns momentos: de 13 de março a 30 de maio, houve um aumento acelerado de casos, na capital e no interior; de 1º de junho a 12 de setembro, quando houve redução no número de casos e algumas oscilações em decorrência do retorno das atividades comerciais e ampliação da oferta de testes diagnósticos.

No interior, todos os municípios passaram a ter, pelo menos, um respirador e um leito de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI). O número de UCI no interior saiu de 49 para 116. O número de respiradores aumentou de 545 para 959 na rede estadual – 780 (+62,5%) na capital e 216 (+232%) no interior.

Planos de contingência e giro de leitos

Prevendo o aumento de casos da covid-19 no período sazonal (entre novembro e junho) da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) o Governo organizou o Plano de Contingência. Paralelamente, já iniciava a operação do Plano Giro de Leitos.

Dividido em cinco fases, o de Contingência quer chegar aos 440 leitos de UTIs e 1.222 leitos clínicos nos hospitais da capital.

O outro plano refere-se à redução das internações em decorrência de outras doenças nos prontos-socorros da cidade.

Metas para 2021

Com uma proposta orçamentária de R$ 2,6 bilhões para o próximo ano, uma das prioridades da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas para o ano que vem é o reordenamento do segmento.

Para isso, a secretaria quer dar continuidade ao programa “Saúde Amazonas”, que até 2022 tem investimento de quase R$ 1,5 bilhão.

O programa quer ampliar em 65% a oferta dos serviços de saúde e, assim, reduzir a fila de espera por consultas ou exames.

O “Saúde Amazonas” busca intensificar as ações no interior com o “Saúde nas Calhas”, que vai descentralizar os serviços assistenciais à população, estruturando as unidades de saúde fora de Manaus e a atuando na regionalização de cinco polos (Itacoatiara, Manacapuru, Parintins, Tabatinga e Tefé).

Outra meta é a modernização e integração das atividades desenvolvidas pelo Serviço de Tratamento Fora de Domicílio Interestadual do Amazonas, conferindo-lhe maior eficiência no atendimento.

Reportagem: Rosianne Couto

Leia Mais:

Leia mais sobre Cidades

Fundação Cecon suspende Programa de Residência em Enfermagem

O programa de residência foi suspenso em decorrência de impedimentos legais previstos no Programa de Enfrentamento à Covid-19.

25 de fevereiro de 2021

Amazonas faz convênio com órgãos federais para expansão de aeroportos

Convênio para melhorar aeroportos no interior do Amazonas envolve Infraero e Ministério da Infraestrutura para beneficiar três municípios.

25 de fevereiro de 2021

Pessoas em situação de rua vão ter abrigo emergencial temporário

A previsão é inaugurar o abrigo emergencial da zona Centro-Oeste ainda nesta semana, para fazer a triagem e encaminhar as pessoas.

25 de fevereiro de 2021

Imóvel do Rio Negro Clube vai a leilão em março por R$ 9 milhões

Leilão promovido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (TRT11) tem na sede do Rio Negro Clube o bem de maior valor oferecido.

25 de fevereiro de 2021

Contrato de iluminação pública tem fiscalização feita pela prefeitura

Vistoria na frota de veículo da Manaus Luz, empresa responsável pela manutenção da iluminação pública da cidade, dá em outra notificação.

24 de fevereiro de 2021

Falta de transparência leva Tribunal de Contas a multar ex-diretor

Falta de transparência de ex-gestor do serviço de água e esgoto do município de Presidente Figueiredo faz TCE-AM multá-lo em R$ 30 mil.

24 de fevereiro de 2021

Autônomos têm até sexta-feira para pagar Imposto sobre Serviços

Autônomos têm até sexta-feira para quitar a 2ª parcela do ISS devido ao município. Após essa data, o pagamento está sujeito a juros e multa.

24 de fevereiro de 2021

Parceria dá início à estruturação do Centro de Arqueologia de Manaus

Parceria na administração municipal e participação do Instituto Histórico Nacional inicia estruturação do Centro de Arqueologia Manaus.

24 de fevereiro de 2021