fbpx

sábado, 23 de janeiro de 2021

Concurso que vai definir nova marca-símbolo para Manaus paga até R$ 10 mil

As inscrições para o concurso são gratuitas e seguem abertas até o dia 31 de dezembro. Os prêmios variam de R$ 3 mil a R$ 10 mil e a população também participará da votação.

16 de dezembro de 2020

Compartilhe

Já pensou ganhar R$ 10 mil reais após construir uma marca que se tornará um símbolo de Manaus para o mundo todo? Pois bem, é isso o que o Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Manaus (CODESE) está oferecendo a profissionais que criam identidades visuais.

Lançado no último dia 24 de outubro, aniversário de Manaus, o concurso cultural “A Manaus que a gente ama”, têm como objetivo escolher uma nova marca-símbolo para a capital amazonense, e as premiações para os vencedores variam de R$ 3 a R$ 10 mil reais.

A proposta do concurso é disponibilizar a nova marca gratuitamente em um site de domínio público, para ser utilizada por artesãos, empresas privadas, poder público e todos aqueles que quiserem fazer bom uso do elemento.

De acordo com, Euler Guimarães, presidente do CODESE, o objetivo principal do concurso é criar uma identidade para a cidade que seja adotada de uma forma bem geral, e que não esteja vinculada a nenhum tipo de instituição, seja pública ou privada. “A gente quer fazer que Manaus tenha uma marca que seja reconhecida no mundo inteiro, que as pessoas vejam a marca e associem a uma cidade global, e assim cresça ainda mais o interesse pela região, aumentando o turismo dentro da Amazônia”, diz Euler.

Euler destaca ainda que o Conselho pretende alcançar com esta marca, não somente turistas, mas também atrair possíveis investidores para a região, se igualando assim a outras capitais pelo mundo que aumentaram sua visibilidade diante do mercado financeiro. “Essa logomarca poderá ser usada por artesãos, governos e profissionais em geral, isso já acontece em outras capitais como Nova York, Londres e Sidney. Esperamos receber muitas inscrições e contar com a participação da votação popular, ou seja, a população manauara que irá escolher a marca no final”, finaliza ele.

Sobre o concurso

Quem pode participar:

Poderão participar do concurso candidatos (pessoas físicas) com idade a partir de 18 anos e/ou emancipados (completos até o dia 31/12/2020), residentes ou não no estado do Amazonas.

Também serão aceitas as inscrições por meio de pessoa jurídica regulamentada, desde que o responsável legal não esteja também inscrito como pessoa física.

Como se inscrever:

O regulamento do concurso está disponível no site do concurso, aqui.

O período de inscrição e entrega de propostas será de 24 de Outubro de 2020 a 31 de Dezembro de 2020.

Premiações

O resultado final do concurso com as definições de 1º, 2º e 3º lugar serão divulgados no dia 31 de março de 2021, no site.

A marca deverá ser composta de nome e identidade visual, a serem criados, considerando todas as entregas do Anexo I do Regulamento.

Cada participante poderá inscrever apenas um trabalho. As premiações foram definidas em 1° lugar – R$ 10.000,00 (Dez mil reais); 2° lugar – R$ 5.000,00 (Cinco mil reais) e 3° lugar – R$ 3.000,00 (Três mil reais).

A inscrição será gratuita e as propostas não poderão ser editadas após o envio.

Os participantes poderão tirar dúvidas relativas a este concurso através do e-mail concurso@codesemanaus.org.br e o prazo para solucionar tais dúvidas se encerra juntamente com o prazo para finalização das inscrições, no dia 31 de dezembro 2020.

Após a Fase 1 de julgamento técnico pela Comissão Julgadora, a população participará por votação popular para escolher a marca-símbolo da cidade. O voto popular ocorrerá no site, no período de 12 de fevereiro a 21 de março de 2021.

Veja mais notícias

Central Integrada de Fiscalização vistoria sete estabelecimentos

Três bares foram flagrados funcionando, mas sem aglomeração, e os proprietários foram orientados a fechar o local.

23 de janeiro de 2021

Governo alinha critérios de vacinação dos trabalhadores da saúde

A expectativa é de que a imunização contra Covid-19 nos hospitais retorne ainda nesta sexta-feira (22) em 27 unidades, após a validação das propostas apresentadas.

22 de janeiro de 2021

Polícia prende 63 pessoas em bares clandestinos na zona Leste

A prisão aconteceu em cumprimento ao decreto governamental que proíbe a circulação e aglomeração de pessoas das 19h às 6h, devido à pandemia da Covid-19.

22 de janeiro de 2021

TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

Medida considera “que a persistência e o agravamento da pandemia da Covid-19 no país impõem aos eleitores que não compareceram à votação nas eleições".

22 de janeiro de 2021

Bolsistas do PBU ganham aumento automático nos descontos

A medida se aplicará a um total de 175 bolsistas do Programa Bolsa Universidade (PBU) integrados à modalidade com isenção tributária e que possuem prazo até 2023.

22 de janeiro de 2021

Sindicato das escolas particulares recomenda aulas on-line no AM

Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Amazonas orientam sobre aulas 100% na modalidade de ensino remoto por conta da pandemia de Covid-19

21 de janeiro de 2021

Após mortes, governador do Pará diz que não há escassez de oxigênio

De acordo com a Sespa, 159 cilindros de oxigênio medicinal foram levados de caminhão para Santarém, de onde foram transferidos para outras cidades do oeste paraense.

20 de janeiro de 2021

Farmacêuticos planejam estoques em unidades de Saúde

São 30 profissionais que já estão atuando em hospitais e SPAs e vão informar sobre cobertura diária de estoques para auxiliar na programação de abastecimento pela Cema.

20 de janeiro de 2021