fbpx

sexta, 22 de janeiro de 2021

Beneficente Portuguesa terá leitos para atender pacientes com Covid

São 30 leitos ofertados pela SES-AM, sendo dez de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 20 clínicos. O repasse de R$ 2,6 milhões poderá ser usado na aquisição de equipamentos.

19 de dezembro de 2020

Compartilhe

A população terá acesso a mais um hospital na rede do Sistema Único de Saúde (SUS) para tratamento da Covid-19.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) contratou 30 leitos para pacientes com Covid-19 no Hospital Beneficente Português de Manaus, sendo dez de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 20 leitos clínicos. O termo de contratação de serviços e o de fomento foi assinado nesta sexta-feira (18) com a Sociedade Portuguesa Beneficente.

Resgate

De acordo com o secretário da SES-AM, Marcellus Campêlo, os termos representam o resgate da importância do Hospital Beneficente Português, reforçando a rede para o enfrentamento da Covid-19 no Amazonas.

“É uma instituição histórica na cidade de Manaus, que apoia muito a saúde do Amazonas e que estava ausente do sistema da rede de saúde aqui do Estado”, afirmou.

População beneficiada

Para o diretor-presidente da Sociedade Portuguesa Beneficente, Vitor Vilhena Gonçalo, a assinatura beneficia principalmente a população de Manaus e do interior do Estado dando acesso a mais um hospital na rede do Sistema Único de Saúde (SUS).

“A assinatura do termo representa somar esforços com o Governo do Estado nos cuidados do tratamento contra a Covid-19. Agora, de fato, vamos entrar, dando apoio, suporte, ampliando o número de vagas para tentarmos passar por esse momento tão delicado, oferecer saúde para a população do Amazonas e tentar salvar e cuidar o máximo de vidas possíveis”, ressaltou Vitor Gonçalo.

Fomento

O Hospital Beneficente Português também receberá recursos financeiros do Ministério da Saúde para a aquisição de medicamentos, suprimentos, insumos e produtos hospitalares para a realização de atendimento adequado à população.

O repasse de R$ 2,6 milhão, que será dividido em quatro parcelas, também poderá ser usado na aquisição de equipamentos e na realização de pequenas reformas e adaptações físicas para aumento da oferta de leitos de Terapia Intensiva.

Leia mais:

Veja mais notícias

Alvará e IPTU: Prefeitura prorroga vencimentos de impostos

O vencimento para a cota única do IPTU 2021, com os descontos e para a primeira parcela, para os contribuintes que optarem pelo parcelamento, será dia 15 de abril.

21 de janeiro de 2021

Sindicato das escolas particulares recomenda aulas on-line no AM

Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Amazonas orientam sobre aulas 100% na modalidade de ensino remoto por conta da pandemia de Covid-19

21 de janeiro de 2021

Após mortes, governador do Pará diz que não há escassez de oxigênio

De acordo com a Sespa, 159 cilindros de oxigênio medicinal foram levados de caminhão para Santarém, de onde foram transferidos para outras cidades do oeste paraense.

20 de janeiro de 2021

Farmacêuticos planejam estoques em unidades de Saúde

São 30 profissionais que já estão atuando em hospitais e SPAs e vão informar sobre cobertura diária de estoques para auxiliar na programação de abastecimento pela Cema.

20 de janeiro de 2021

MPE-AM escolherá lista sêxtupla para vaga de desembargador

O desembargador Djalma Martins da Costa terá aposentadoria compulsoriamente no dia 23 de fevereiro, quando atingirá idade limite para permanecer no serviço público.

20 de janeiro de 2021

Imprensa Oficial produz mil máscaras e 3 mil rótulos de álcool em gel

Itens serão distribuídos pelo Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza a acompanhantes e familiares de pacientes com Covid-19 em unidades de saúde da capital.

19 de janeiro de 2021

PRT11 viabiliza 1.200 macacões impermeáveis para os hospitais do AM

Os EPI’s serão distribuídos gratuitamente entre os profissionais de saúde, sobretudo a técnicos de enfermagem, maqueiros e enfermeiros, que atuam na linha de frente.

19 de janeiro de 2021

Secretarias de Educação suspendem serviço de matrículas

A medida acontece em razão do avanço da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no Amazonas. Assim as novas datas para o retorno dos serviços não foram divulgadas.

19 de janeiro de 2021