fbpx

domingo, 28 de fevereiro de 2021

Após mortes, governador do Pará diz que não há escassez de oxigênio

De acordo com a Sespa, 159 cilindros de oxigênio medicinal foram levados de caminhão para Santarém, de onde foram transferidos para outras cidades do oeste paraense.

20 de janeiro de 2021

Compartilhe

De acordo com o governador Helder Barbalho, produto já foi distribuído para quatro municípios paraenses (Foto: Divulgação)

O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB) , afirmou nesta quarta-feira (20) que trabalha para garantir o abastecimento do produto nas cidades paraenses que fazem divisa com o estado do Amazonas.

A declaração vem após as mortes de seis pessoas de uma mesma família, em menos de 24 horas, na cidade de Faro, devido a complicações por covid-19 e falta de oxigênio hospitalar.

Os óbitos ocorreram entre segunda-feira (18) e terça-feira (19).

Segundo a secretaria estadual de Saúde Pública (Sespa), já na noite desta segunda-feira, 159 cilindros de oxigênio medicinal foram levados de caminhão para Santarém, de onde foram transferidos para outras cidades do oeste paraense.

Segundo a pasta, o produto já foi distribuído para quatro municípios, entre eles, Faro, que recebeu 20 cilindros.

Setenta e nove recipientes foram remanejados para Oriximiná. Já as cidades de Terra Santa e Juruti receberam 30 recipientes cada.

Vídeo-conferência

Na última terça-feira (19), o governador Helder Barbalho conversou, por videoconferência, com prefeitos de cidades paraenses que fazem divisa com o Amazonas, estado onde o número de mortes por covid-19 aumentou na semana passada por causa da falta de oxigênio em hospitais públicos e privados.

Além de ouvir as demandas dos prefeitos do oeste paraense, Barbalho também se reuniu com representantes de empresas que fornecem oxigênio para o Pará. Ele garantiu que não há escassez de oxigênio medicinal no estado.

“Tem leito e há oferta de oxigênio. Não podemos confundir falta de gestão e busca ao produto com escassez. Isso está longe de acontecer”, afirmou Barbalho, atribuindo às prefeituras a responsabilidade de planejar suas ações de forma a não faltar insumos médicos e equipes de profissionais da saúde.

Fonte: Agência Brasil

Leia mais:

Leia mais sobre Cidades

Zezinho Corrêa ganha homenagem em novo edital de cultura

O edital do Prêmio Zezinho Corrêa prevê premiação para os contemplados em oito categorias que vão do Circo ao Teatro e Dança.

27 de fevereiro de 2021

Agricultores receberão 42,8 toneladas de sementes para plantio

Programa Agro Amazonas da Secretaria de Produção Rural distribuirá kits de sementes a cerca de 13.700 agricultores familiares e produtores rurais dos 62 municípios do Estado.

27 de fevereiro de 2021

Profissionais do ‘Mais Médicos’ reforçam atenção básica em Manaus

Profissionais de saúde chegaram a Manaus nessa sexta-feira para reforçar equipes em atenção básica e diagnóstico de casos de Covid-19.

27 de fevereiro de 2021

Cartões de programas sociais são retidos no comércio do Amazonas

Cartões de programas sociais como auxílio emergencial e Bolsa Família são retidos no comércio de Nova Olinda do Norte como garantia.

26 de fevereiro de 2021

Unicef doa 60 kits de higiene para atender idosos em vulnerabilidade

Os itens serão repassados aos coordenadores dos grupos de idosos em vulnerabilidade e distribuídos aos cadastrados no "Idoso Ativo.

26 de fevereiro de 2021

Polícia encerra festa clandestina em condomínio da zona Centro-Sul

Os policiais estavam em patrulhamento de segurança na área quando perceberam o barulho de música em alto volume e aglomeração de pessoas.

26 de fevereiro de 2021

Condomínio Verona sofre inspeção após incêndio em Manaus

Após incêndio que atingiu cinco pessoas, condomínio Verona, situado na zona Norte, é inspecionado por técnicos de Prefeitura de Manaus.

26 de fevereiro de 2021

Fundação Cecon suspende Programa de Residência em Enfermagem

O programa de residência foi suspenso em decorrência de impedimentos legais previstos no Programa de Enfrentamento à Covid-19.

25 de fevereiro de 2021