fbpx

terça, 26 de janeiro de 2021

Ambulâncias reformadas são entregues à quatro maternidades de Manaus

As ambulâncias já pertenciam às maternidades, mas estavam sem condições de uso devido ao tempo. A reforma aconteceu com recursos doados pelo Fundo das Nações Unidas.

14 de dezembro de 2020

Compartilhe

A revitalização das ambulâncias vai ajudar na rapidez dos atendimentos de emergências. (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), em parceria com o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), entregou ambulâncias para as maternidades Alvorada, Azilda Marreiro, Balbina Mestrinho e Instituto da Mulher Dona Lindu (IMDL).

Os veículos já pertenciam às maternidades, mas estavam sem condições de uso devido ao tempo e foram reformados com recursos doados pela UNFPA, conforme acordo firmado pelas duas entidades.

As ambulâncias passaram por manutenção e reforma nas partes mecânica e elétrica, funilaria e pintura e recuperação de tapeçaria. A solenidade ocorreu na Maternidade Balbina Mestrinho.

O titular da SES, Marcellus Campêlo, reforçou que a revitalização das ambulâncias vai ajudar na rapidez dos atendimentos de emergências e remoção de pacientes quando necessário. E destacou, ainda, que a parceria com o Fundo da ONU será duradoura e fortalecida.

“A saúde materna no estado do Amazonas é um dos nossos focos, nossa prioridade. Nós temos indicadores que precisamos melhorar no Amazonas e com o apoio do Fundo da ONU vamos conseguir certamente unir esforços, convergir os projetos comuns para dar mais força a eles e, a partir de agora, dar mais celeridade e principalmente colher os resultados de forma mais efetiva para a população do Amazonas”, disse Campêlo.

A SES e a UNFPA assinaram, em junho deste ano, o memorando de entendimento para empreender esforços conjuntos no desenvolvimento de ações de saúde a grupos mais vulneráveis. Desde a assinatura do documento, a SES tem recebido diversas contribuições da organização, como as de Kits Dignidade, Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e o curso de formação em manejo clínico de violência sexual para os profissionais de saúde.

Ações

Em julho, o IMDL recebeu da UNFPA 100 kits contendo artigos de higiene pessoal e íntima, conhecidos como ‘Kits Dignidade’. Os kits foram destinados a mulheres imigrantes, migrantes, refugiadas, em situação de vulnerabilidade, puérperas e sobreviventes de violência de gênero atendidas pelas unidades de saúde da SES-AM.

Segundo a coordenadora do escritório da UNFPA em Manaus, Débora Rodrigues, a parceria com a SES-AM é importantíssima para fortalecer a promoção dos direitos reprodutivos das mulheres.

“Essas ambulâncias vêm fortalecer esse transporte de emergências e urgências obstétricas em Manaus, beneficiando não somente as mulheres migrantes e refugiadas, com as quais a gente trabalha no âmbito da operação acolhida de atendimento às mulheres Venezuelanas, mas toda a comunidade de Manaus, todas as mulheres manauaras”, acrescentou a coordenadora.

A parceria entre as duas entidades também proporcionou, em novembro, a realização de um curso de formação em manejo clínico de violência sexual, que oferece atualização para os profissionais de saúde que atuam no Serviço de Atendimento à Vítimas de Violência Sexual (Savvis) do Instituto Dona Lindu.

No dia 1º de dezembro, quatro maternidades da SES receberam da UNFPA a doação de mais de 16,5 mil itens de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para manutenção da segurança biológica dos profissionais de saúde e usuários durante o atendimento.

UNFPA

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) é a agência de desenvolvimento internacional da Organização das Nações Unidas (ONU) que trata de questões populacionais, sendo responsável por contribuir com países para garantir o acesso universal à saúde sexual e reprodutiva, incluindo o exercício do direito à maternidade segura.

Criado em 1969, o UNFPA está presente em mais de 150 países e territórios, apoiando particularmente os países em desenvolvimento por demanda expressa de seus governos. O Fundo de População atua no Brasil desde 1973, colaborando com o governo e diversas organizações da sociedade civil, incluindo a academia e movimentos sociais, na formulação e monitoramento de políticas e programas sobre população e desenvolvimento.

Veja mais notícias

Mais de 83 mil EPIs são enviados para o interior do Amazonas

Ambas as cidades contaram ainda com 1.350 testes rápidos para detecção da Covid-19, além de medicamentos e materiais hospitalares, encaminhados nesse domingo (25).

25 de janeiro de 2021

Detran-AM suspende todas as atividades presenciais até final de janeiro

Nesse período, somente a fiscalização de trânsito, a perícia de acidentes de trânsito e os serviços de liberação de veículos removidos irão funcionar.

25 de janeiro de 2021

Veículos que chegam a Manaus passam por sanitização

Como mais uma medida para conter o avanço da Covid-19 em Manaus, a Prefeitura instalou barreiras de sanitização na AM-010, BR-174 e na ponte Rio Negro.

25 de janeiro de 2021

Parintins deve retomar aulas remotas na rede municipal

O programa “Aprendendo em casa nas ondas do rádio” foi implantado em abril, para não deixar de assistir os alunos na pandemia da Covid-19.

24 de janeiro de 2021

Central Integrada de Fiscalização vistoria sete estabelecimentos

Três bares foram flagrados funcionando, mas sem aglomeração, e os proprietários foram orientados a fechar o local.

23 de janeiro de 2021

Governo alinha critérios de vacinação dos trabalhadores da saúde

A expectativa é de que a imunização contra Covid-19 nos hospitais retorne ainda nesta sexta-feira (22) em 27 unidades, após a validação das propostas apresentadas.

22 de janeiro de 2021

Polícia prende 63 pessoas em bares clandestinos na zona Leste

A prisão aconteceu em cumprimento ao decreto governamental que proíbe a circulação e aglomeração de pessoas das 19h às 6h, devido à pandemia da Covid-19.

22 de janeiro de 2021

TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

Medida considera “que a persistência e o agravamento da pandemia da Covid-19 no país impõem aos eleitores que não compareceram à votação nas eleições".

22 de janeiro de 2021