fbpx

quarta, 01 de dezembro de 2021

Vítimas de violência doméstica ganham acolhimento psicológico gratuito

O projeto, que já atendeu diversas pessoas presencialmente ao longo de três anos, passa a atender de forma on-line pessoas de diferentes regiões do Brasil acima de 18 anos.

20 de outubro de 2021

Compartilhe

(Foto: Reprodução)

A pandemia fez crescer de modo significativo os casos de violência doméstica. De acordo com dados do Instituto Datafolha, uma em cada quatro mulheres foi vítima de violência no Brasil em 2020, ou seja, 17 milhões de brasileiras teriam sofrido algum tipo de agressão, sendo a maioria dentro de casa. Já o Sistema Único de Saúde (SUS) aponta que a cada uma hora um LGBTQIA+ é agredido no Brasil. 

Com o objetivo de acolher pessoas que estejam ou estiveram em situações de violência ou em relacionamentos abusivos, o Centro de Psicologia da Universidade Positivo (UP), em Curitiba (PR), amplia o projeto ”VIDORA” (Violência Doméstica e Relacionamento Abusivo). Criado há três anos, o projeto, que já atendeu diversas pessoas presencialmente, passa a atender de forma on-line pessoas de diferentes regiões do Brasil acima de 18 anos, independentemente do gênero ou da violência sofrida, seja psicológica, sexual ou física.

O plantão de acolhimento do projeto VIDORA repassa informações e dá suporte psicológico para pessoas em situação de sofrimento e que precisem de ajuda da psicologia para lidar com essas questões. O acolhimento dura cerca de 50 minutos, é on-line, gratuito e realizado por estudantes do 7.º ao 10.º períodos do curso de Psicologia da Universidade Positivo, supervisionado pela psicóloga e professora Valéria Ghisi. Os atendimentos são de segunda a sexta, nos períodos da manhã, tarde e noite, e aos sábados pela manhã. 

“Por ser on-line, o plantão de acolhimento tem condições de atender pessoas residentes em qualquer localidade que tenham acesso à internet e a um local com a privacidade necessária para a conversa. A internet permite que nosso serviço saia da Universidade e cause cada vez mais impacto social. Além do Paraná, já atendemos também mulheres de outros estados, como Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Bahia. Queremos atingir o público que está em busca de atendimento e não sabe onde procurar, ou não tem condições econômicas para esse tipo de serviço”, destaca a professora. 

Além do acolhimento on-line, o projeto realiza outras atividades, como rodas de conversa, grupos de estudo e acompanhamento psicoterapêutico presencial restrito a pessoas de Curitiba e Região Metropolitana. Na página do Instagram do projeto é possível acompanhar informações sobre o assunto e detalhes das atividades realizadas. Para se inscrever no plantão de acolhimento é necessário preencher o formulário, informar a disponibilidade de horário para atendimento e aguardar contato da equipe do Projeto VIDORA.

Serviço

Plantão de acolhimento VIDORA – Universidade Positivo

Dias disponíveis para atendimento: segunda a sexta, nos períodos manhã, tarde e noite, e aos sábados pela manhã

Inscrições pelo formulário

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Brasil

Covid-19: dois casos da variante Ômicron são confimados no Brasil

Após sequenciamento genético de amostras, foi identificado, em análises prévias, a variante Ômicron, em um casal que chegou no Brasil em um voo vindo da África.

30 de novembro de 2021

Enfrentamento à Covid: Belém cancela as festas de Réveillon e Carnaval

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, tomou a decisão após reunir com órgãos da Saúde e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid na capital paraense.

30 de novembro de 2021

Anvisa aprova novo tratamento para HIV com duas substâncias

A aprovação do novo medicamento, segundo a Anvisa, representa um avanço no tratamento, já que reúne em uma dose diária dois antirretrovirais.

30 de novembro de 2021

Queiroga descarta antecipar 3ª dose; OMS vê risco de avanço da variante

A Ômicron motivou alerta diante do alto número de mutações, mas cientistas afirmam que ainda é preciso investigar se ela tem a capacidade de maior transmissão.

30 de novembro de 2021

Lionel Messi bate Lewandowski e ganha a Bola de Ouro pela 7ª vez

Messi teve uma temporada difícil pelo Barcelona e ganhou apenas a Copa do Rei pelo clube. Ainda assim, conseguiu se destacar individualmente.

29 de novembro de 2021

Anvisa publicou regras para entrada de viajantes no Brasil; conheça-as

As regras, segundo a Anvisa, não restringem a entrada de brasileiros, de qualquer natureza ou origem. “Brasileiros não têm restrição de acesso ao país”, disse a agência.

29 de novembro de 2021

Flamengo demite Renato Gaúcho após derrota na final da Libertadores

Ele já vinha sofrendo bastante pressão dentro do clube e a postura desanimada diante do Grêmio, no qual não vibrou com os gols do Flamengo.

29 de novembro de 2021

Cinquenta e dois pesquisadores da Capes anunciam renúncia coletiva

Os pesquisadores que pediram renúncia de suas funções são das áreas de Matemática e Física. A cada quatro anos, a Capes avalia esses cursos em todo o Brasil.

29 de novembro de 2021