fbpx

quinta, 25 de fevereiro de 2021

Vacinas podem ser importadas mesmo sem aval da Anvisa, determina STF

Estados e municípios poderão importar vacinas já registradas em agências sanitárias dos EUA, da Europa, do Japão e da China, com aprovação para aplicação em larga escala.

23 de fevereiro de 2021

Compartilhe

Estado e municípios podem importar vacinas 72 horas após pedido dos laboratórios (Foto: Reprodução)

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria e mantém liminar do ministro Ricardo Lewandowski, emitida em dezembro, que permite a estados e municípios realizar a compra de vacinas contra a Covid-19 produzidas em outros países, mesmo sem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com a decisão, estado e municípios ficam liberados para importar os imunizantes no prazo de 72 horas após solicitação dos laboratórios fabricantes.

Na liminar, Lewandowski ressalva, no entanto, que as negociações deverão ser feitas com “imunizantes que tenham registro (aprovação para uso em larga escala) em entidades sanitárias de renome”.

Ou seja, poderão ser importadas apenas vacinas com registros em agências sanitárias dos EUA, da Europa, do Japão e da China.

72 horas

A legislação atual estabelece prazo de 72 horas para que a Anvisa se manifeste sobre o uso no Brasil de vacinas que tenham registro em agências sanitárias regulatórias internacionais, como a americana, europeia, japonesa e chinesa.

Por outro lado, a Anvisa alega que o prazo é curto para a realização de uma análise.

Leia mais:

Leia mais sobre Brasil

Plenário do Senado deve analisar PEC Emergencial nesta quinta-feira

Apesar de constar na pauta, a votação da matéria ainda depende de entendimentos entre os líderes. PEC prevê retomada do pagamento de auxílio emergencial entre outras medidas.

25 de fevereiro de 2021

Prorrogada MP que isenta consumidores de pagar energia no Amapá

Em novembro de 2020, o Amapá enfrentou apagão e uma crise no fornecimento de energia elétrica, causada por incêndio em subestação local.

25 de fevereiro de 2021

Com recolhimento de R$ 180 bilhões, arrecadação federal cai 1,5%

O recolhimento de tributos federais, no mês de janeiro, atingiu R$ 180 bilhões e o Imposto de Importação e o IPI tiveram crescimento de 20%.

25 de fevereiro de 2021

Pagamentos irregulares do auxílio emergencial somam R$ 54 bilhões

De R$ 293 bilhões pagos a título de auxílio emergencial, o TCU aponta que mais de 18% foram pagamentos indevidos a 7 milhões de pessoas.

25 de fevereiro de 2021

Câmara aprova admissibilidade para restringir prisão de parlamentar

Aprovada a admissibilidade da PEC, a Câmara dos Deputados tem reunião de lideres para tratar do texto que restringe prisão de parlamentar.

25 de fevereiro de 2021

Dívida pública do Brasil sobe e atinge R$ 5,06 trilhões em janeiro

Em janeiro, a dívida pública federal cresceu 0,99% e se mantém superior a R$ 5 trilhões. Do mesmo modo, as emissões do Tesouro aumentaram.

24 de fevereiro de 2021

Câmara quer dificultar prisão e afastamento de parlamentares

Em uma semana, a Câmara dos Deputados teve surpresas com a prisão de Daniel Silveira (PSL-RJ), e afastamento da deputada Flordelis (PSD-RJ).

24 de fevereiro de 2021

Matrícula no Universidade para Todos termina nesta quarta-feira

Estudantes pré-selecionados no Universidade para Todos têm até esta quarta-feira para confirmar informações e fazer matrícula em faculdades.

24 de fevereiro de 2021