fbpx

quinta, 23 de setembro de 2021

Tóquio: no sétimo dia de competição, Brasil conquista duas medalhas

A judoca Mayra Aguiar conquistou bronze e a ginasta Rebeca Andrade faturou prata na ginástica artística em uma conquista inédita para a ginástica brasileira nas Olimpíadas.

29 de julho de 2021

Compartilhe

Rebeca Andrade conquistou a prata inédita para a ginástica brasileira (Foto: Lindsey Wasson)

No sétimo dia de competições dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, os destaques para o Brasil vieram com duas medalhas de atletas mulheres. A judoca Mayra Aguiar conquistou bronze e a ginasta Rebeca Andrade faturou prata na ginástica artística. No vôlei, a equipe feminina também fez bonito e engatou a terceira vitória seguida.

Ginástica artística

A paulista Rebeca Andrade, de 22 anos, entrou para a história da ginástica artística do Brasil ao conquistar a prata no individual nos Jogos de Tóquio, a primeira medalha olímpica feminina do país na modalidade, na manhã desta quinta-feira (29). Rebeca somou, ao final dos quatro aparelhos, 57.298 pontos, ficando atrás somente da norte-americana Sunisa Lee (57.433) e à frente de Angelina Melnikova, do Comitê Olìmpico Russo (ROC, sigla em inglês) que totalizou 57.199. A brasileira ainda tem chances reais de conquistar mais medalhas nas disputas de salto e solo a partir de domingo (1º de agosto). 

Brasil no Judô

A gaúcha Mayra Aguiar conquistou feito inédito na manhã de hoje, após conquistar a medalha de bronze na categoria meio-pesado (até 78kg). 

A medalha do Brasil veio com a vitória contra a sul-coreana Hyunji Yoon, que foi imobilizada por 20 segundos no Nippon Budokan, templo das artes marciais na capital japonesa. A judoca se tornou a primeira mulher a conquistar três medalhas olímpicas em um esporte individual. Ela já havia levado o bronze nos Jogos de Londres (2012) e na Rio 2016.

Com informações da Agência Brasil.

Leia Mais:

Leia mais sobre Brasil

Brasileiros são os que mais valorizam vacinação, mostra estudo

Entre oito países, Brasil é o que mais valoriza a vacinação, revela levantamento feito pelas empresas GSK e Kantar. Com a pandemia, valorização da prática foi de 59% para 83%

22 de setembro de 2021

STJ diz que não é crime ter item de cultivo de maconha para uso pessoal

Ministros entenderam que item para cultivar maconha não pode ser enquadrado na Lei de Drogas, que prevê pena de 3 a 10 anos de reclusão, se plantio for para consumo próprio.

22 de setembro de 2021

Fiocruz desenvolve teste molecular para detectar hanseníase

De acordo com a Fiocruz, Kit NAT Hanseníase é o primeiro teste molecular comercial para a doença desenvolvido no Brasil e o segundo exame do tipo a obter registro da Anvisa.

22 de setembro de 2021

MEC divulga resultado preliminar do Censo Escolar da Educação Básica

No dia 7 de outubro, o instituto realizará uma live em seu canal do YouTube para orientar os gestores das escolas e redes sobre os procedimentos.

22 de setembro de 2021

Pfizer-BioNTech: vacina contra Covid protege crianças de 5 a 11 anos

Segundo a Pfizer e a BioNTech, produto gerou resposta imune em crianças de 5 a 11 anos em seu ensaio clínico. Casos pediátricos da doença aumentam nos EUA.

20 de setembro de 2021

Aplicativo deve agilizar pré-cadastro de doadores de medula óssea

Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome) tem 5,4 milhões de pessoas. Em 2021, até agosto, foram feitos no Brasil 200 transplantes.

18 de setembro de 2021

Aliança Nacional busca reduzir mortalidade materna e neonatal

"Cuidado materno e neonatal seguro” é o tema do Dia Mundial da Segurança do Paciente 2021, comemorado hoje. Uma carta-compromisso será divulgada nos próximos dias.

17 de setembro de 2021

Anvisa não recomenda mudar orientação sobre vacinação de adolescentes

A Anvisa disse que a aprovação do uso da vacina da Pfizer/BioNTech em adolescentes levou em consideração estudo com 1.972 pessoas nessa faixa etária, com eficácia de 100%.

17 de setembro de 2021