fbpx

quinta, 23 de setembro de 2021

Suspeito de envolvimento na morte de Marielle Franco é preso na Paraíba

Segundo a Polícia Civil da Paraíba, autoridades policiais do Rio de Janeiro tomaram conhecimento da prisão e confirmaram a periculosidade do criminoso.

29 de julho de 2021

Compartilhe

Suspeito foi preso em Queimadas e será levado para o Rio de Janeiro (Foto: Alerj)

Foi preso na Paraíba, nesta quarta-feira (28), um homem suspeito de envolvimento na morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. A prisão foi realizada pela Polícia Civil da Paraíba, que apontou Almir Rogério Gomes da Silva como sendo pertencente a uma milícia do Rio de Janeiro. Segundo a polícia paraibana, o grupo foi citado pela viúva do capitão Adriano Magalhães da Nóbrega, morto na Bahia e suspeito de envolvimento no assassinato da vereadora, ao falar sobre quem teria matado Marielle.

“A prisão foi realizada por policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), no município de Queimadas/PB. O alvo estava na companhia de outro homem, que também foi preso. O nome do alvo principal está no site www.disquedenuncia.org.br, do Rio de Janeiro. Ele já foi denunciado pelo Ministério Público do RJ, que pediu a condenação do investigado com base no assassinato de Eliezio Victor do Santos Lima, em outubro de 2018”, detalhou, em nota, a Policia Civil da Paraíba.

De acordo com o delegado Diego Beltrão, da Draco, as investigações descobriram que Almir cometeu outro assassinado no Rio de Janeiro, no dia 3 de junho, o que pode ter sido o motivo para ele fugir para a Paraíba.

“Parte dos milicianos ligados ao homem capturado em Queimadas hoje foi presa em operações policiais naquele estado. Mas ele, que é um dos chefes desse grupo, conseguiu escapar dessas investidas. Trata-se de um criminoso muito perigoso, com indícios fortes de que estava traficando drogas e planejando ataques a instituições financeiras no nosso estado”, disse o delegado.

Segundo a nota da Polícia Civil da Paraíba, autoridades policiais do Rio de Janeiro já tomaram conhecimento da prisão e confirmaram a periculosidade do criminoso. “É um dos chefes de milícia mais procurados aqui no Rio de Janeiro”, declarou o delegado Henrique Damaceno, de acordo com a nota.

O suspeito capturado em Queimadas será levado sob escolta policial até o Rio de Janeiro, onde deverá responder pelos seus crimes. Marielle e Anderson foram mortos no dia 14 de março de 2018, emboscados no carro onde estavam, no bairro do Estácio, na região central do Rio. Estão presos e aguardam julgamento pelos assassinatos o sargento reformado da Polícia Militar Ronnie Lessa, e o ex-PM Élcio Queiroz.

Fonte: Agência Brasil

Leia Mais:

Leia mais sobre Brasil

Brasileiros são os que mais valorizam vacinação, mostra estudo

Entre oito países, Brasil é o que mais valoriza a vacinação, revela levantamento feito pelas empresas GSK e Kantar. Com a pandemia, valorização da prática foi de 59% para 83%

22 de setembro de 2021

STJ diz que não é crime ter item de cultivo de maconha para uso pessoal

Ministros entenderam que item para cultivar maconha não pode ser enquadrado na Lei de Drogas, que prevê pena de 3 a 10 anos de reclusão, se plantio for para consumo próprio.

22 de setembro de 2021

Fiocruz desenvolve teste molecular para detectar hanseníase

De acordo com a Fiocruz, Kit NAT Hanseníase é o primeiro teste molecular comercial para a doença desenvolvido no Brasil e o segundo exame do tipo a obter registro da Anvisa.

22 de setembro de 2021

MEC divulga resultado preliminar do Censo Escolar da Educação Básica

No dia 7 de outubro, o instituto realizará uma live em seu canal do YouTube para orientar os gestores das escolas e redes sobre os procedimentos.

22 de setembro de 2021

Pfizer-BioNTech: vacina contra Covid protege crianças de 5 a 11 anos

Segundo a Pfizer e a BioNTech, produto gerou resposta imune em crianças de 5 a 11 anos em seu ensaio clínico. Casos pediátricos da doença aumentam nos EUA.

20 de setembro de 2021

Aplicativo deve agilizar pré-cadastro de doadores de medula óssea

Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome) tem 5,4 milhões de pessoas. Em 2021, até agosto, foram feitos no Brasil 200 transplantes.

18 de setembro de 2021

Aliança Nacional busca reduzir mortalidade materna e neonatal

"Cuidado materno e neonatal seguro” é o tema do Dia Mundial da Segurança do Paciente 2021, comemorado hoje. Uma carta-compromisso será divulgada nos próximos dias.

17 de setembro de 2021

Anvisa não recomenda mudar orientação sobre vacinação de adolescentes

A Anvisa disse que a aprovação do uso da vacina da Pfizer/BioNTech em adolescentes levou em consideração estudo com 1.972 pessoas nessa faixa etária, com eficácia de 100%.

17 de setembro de 2021