fbpx

quarta, 28 de julho de 2021

Risco de racionamento de energia elétrica acende alerta e Ministério pede estudos

O governo federal prepara uma medida provisória para programar uma possível adoção de um programa de racionamento de energia no país devido a falta de chuvas no Sudeste.

13 de junho de 2021

Compartilhe

Na maior parte das bacias que abastecem as usinas hidrelétricas choveu pouco (Foto: reprodução)

O Ministério de Minas e Energia (MME) afirmou que as instituições do setor energético têm trabalhado “incessantemente” para garantir que não haja risco de racionamento de energia no país, por conta da crise hidrológica.

“As instituições do setor energético continuam trabalhando, incessantemente, para o provimento da segurança energética no ano que se deflagrou a pior hidrologia de toda a série histórica de 91 anos”, disse a pasta, em nota.

O problema também tem sido discutido na sala de situação do governo federal, criada para tratar da questão, com a participação de diversos órgãos da administração pública.

“Assim, com a atuação tempestiva de todos os envolvidos e considerando o quanto o setor elétrico brasileiro evoluiu, é que o governo federal, inclusive em coordenação com os entes federativos, vem explorando todas as medidas ao seu alcance que nos permitirão passar o período seco de 2021 sem impor aos brasileiros um programa de racionamento de energia elétrica”, afirmou a pasta.

A nota foi publicada ontem (12), após matéria do jornal O Estado de São Paulo informando que o governo prepara uma medida provisória (MP) que abre a possibilidade de adoção de um programa de racionamento de energia no Brasil.

De acordo com a reportagem, a medida criaria um “programa de racionalização compulsória do consumo de energia elétrica, com um comitê para adotar medidas de redução no consumo de energia, com poderes, inclusive, para determinar a diminuição da vazão de água nos reservatórios das principais bacias hidrelétricas do país”.

Informações da Agência Brasil e Estadão

Leia mais:

Leia mais sobre Brasil

Orlando Drummond, o ‘Seu Peru’, morre aos 101 anos e corpo será cremado no RJ

Drummond morreu ontem à noite, aos 101 anos de idade de falência de múltiplos órgãos. O ator estava em casa, no bairro de Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro.

28 de julho de 2021

CNPq garante que existem backups e não há perda na Plataforma Lattes

A queda dos sistemas causou preocupação entre pesquisadores brasileiros e estrangeiros, pois a Plataforma Lattes é uma das bases de dados e referência acadêmica no Brasil.

27 de julho de 2021

Sítio Roberto Burle Marx é escolhido como Patrimônio Mundial da Unesco

Jardins, viveiros de plantas, sete edificações e seis lagos integram o espaço, que oferece ao público também um acervo museológico de mais de três mil itens.

27 de julho de 2021

Inscrições para o Fies do segundo semestre têm início amanhã

Os candidatos interessados poderão efetuar a inscrição no portal do Fies entre os dias 27 e 30 de julho deste ano.

26 de julho de 2021

Governo amplia lista de produtos médicos cuja exportação é proibida

Estão agora na lista: solução de cloreto de sódio 0,9%, seringas, sem agulha, de plástico, com capacidade de 1 ml; seringas, sem agulha ou com agulhas de 22 Gx1", 23 ou 24.

26 de julho de 2021

Prouni: comprovação para primeira chamada termina nesta quarta-feira

A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará automaticamente na reprovação do candidato, segundo o Ministério da Educação.

26 de julho de 2021

Domingo do Brasil nas Olimpíadas tem medalhas de prata e bronze

No skate street masculino, Kelvin Hoefler ficou com a prata e nos 66 quilos do Judô, Daniel Cargnin leva para casa a medalha de bronze dos jogos Olimpícos.

25 de julho de 2021

Mega Sena não tem ganhador e acumula prêmio de R$ 12 milhões

No sorteio desta semana, nenhum apostador conseguiu acertar os seis números necessários para levar o prêmio, com isso, na próxima semana, a estimativa de prêmio é de R$ 12 mi

25 de julho de 2021