fbpx

quinta, 21 de outubro de 2021

Prefeitura do Rio prorroga por uma semana medidas restritivas

As medidas restritivas decretadas no Rio de Janeiro no último dia 26 de março estão prorrogadas por uma semana e somente escolas retornam no dia 5.

2 de abril de 2021

Compartilhe

No Rio de Janeiro, as escolas municipais retornam na segunda-feira (Foto: Divulgação/ABr)

A prefeitura do Rio de Janeiro prorrogou até a próxima sexta-feira (9) as medidas restritivas mais duras, adotadas desde a última sexta-feira (26), com o objetivo de reduzir o risco de contágio da população pela Covid-19.

Apenas as escolas da rede municipal de ensino voltarão a funcionar a partir de segunda-feira (5), para atividades administrativas e, no dia 6, para ensino presencial de alunos da pré-escola e dos primeiro e segundo anos do ensino fundamental, considerados essenciais para o desenvolvimento das crianças pelo secretário municipal de Educação, Renan Ferreirinha. “A alfabetização é o momento mais desafiador para ser feito de forma remota”, afirmou. Segundo indicou, essas séries dependem mais do ensino presencial e as escolas seguirão protocolos sanitários rigorosos.

A partir do dia 5, também voltarão a funcionar os órgãos não essenciais da administração pública e, no dia 9, o município retorna às regras que estavam em vigor antes da adoção das medidas mais duras, com a volta de atividades de comércio e serviços.

O prefeito carioca, Eduardo Paes, explicou que o afrouxamento das medidas, previsto para vigorar a partir do dia 9, foi decidido diante da diminuição “e certo equilíbrio” na curva de identificação de pessoas com indícios de contaminação na rede de saúde.

Medidas de restrições

Paes explicou que a imposição de restrições foi feita com base em dados da média móvel de mortes e de internações. Mas como os óbitos refletem pessoas que se contagiaram 20 dias antes, em média, a prefeitura passou a observar o número de atendimentos na rede de saúde e emergência.

Eduardo Pae afirmou que, do ponto de vista de saúde epidemiológica, a boa notícia é que, “pela primeira vez em algumas semanas, a gente começou a ver esse número se estabilizar. Estamos otimistas e esperançosos que, ao longo dos próximos dias, esse número continue a se estabilizar e, até, a cair”.

Leia mais:

Leia mais sobre Brasil

A um mês do Enem, professores falam sobre uso de redes sociais

Eles dão dicas de como aproveitar essas ferramentas para fixar o conteúdo e alertam sobre os cuidados necessários para não perder o foco dos estudos.

21 de outubro de 2021

Vítimas de violência doméstica ganham acolhimento psicológico gratuito

O projeto, que já atendeu diversas pessoas presencialmente ao longo de três anos, passa a atender de forma on-line pessoas de diferentes regiões do Brasil acima de 18 anos.

20 de outubro de 2021

Covid-19 deixou 12 mil órfãos de até 6 anos no país, mostram cartórios

Segundo a Arpen-Brasil, 25,6% das crianças de até seis anos que perderam um dos pais na pandemia não tinham completado um ano.

19 de outubro de 2021

Brasil registra menor média móvel de mortes desde o início da pandemia

Queda na média móvel de mortes por Covid-19 se deu pela vacinação em massa, afirmou Queiroga; campanha de vacinação de 2022 está garantida com compra de imunizantes.

19 de outubro de 2021

Brasil recebe mais 1,3 milhão de doses de vacinas da Pfizer

Esse é o sexto lote da Pfizer entregue nesta semana, totalizando 10 milhões de doses. As vacinas ainda passarão por um controle de qualidade antes da entrega para população.

17 de outubro de 2021

Naufrágio de barco-hotel no Pantanal deixa ao menos seis mortos

Barco-hotel navegava pelo Rio Paraguai, na altura da cidade de Corumbá, no Pantanal. A embarcação foi atingida por um vendaval.

16 de outubro de 2021

Nasa lança sonda espacial ‘Lucy’ para estudar asteroides em Júpiter

Os cientistas esperam que o sobrevoo de Lucy por sete rochas troianas forneça novas pistas sobre como os planetas do sistema solar se formaram.

16 de outubro de 2021

População residente em área indígena e quilombola supera 2,2 milhões

“Somente com o Censo 2022 nós vamos conhecer a população quilombola. O que fizemos até aqui é uma metodologia de estimação muito específica", diz pesquisadora.

15 de outubro de 2021