fbpx

sexta, 05 de maro de 2021

Prazo para recorrer de auxílio-doença negado encerra hoje

Pode recorrer quem pediu o adiantamento do auxílio-doença e teve o benefício negado e quem o requereu a partir de 1º de fevereiro de 2020, mas não passou pela perícia médica.

16 de janeiro de 2021

Compartilhe

Pedido pode ser feito pelo aplicativo Meu INSS ou pelo telefone 135. Foto: Agência Brasil

O segurado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que teve o auxílio-doença negado em 2020 tem até este sábado (16) para agendar uma nova perícia médica. O pedido deve ser feito pelo aplicativo Meu INSS ou pelo telefone 135.

Pode recorrer da decisão quem pediu o adiantamento do auxílio-doença e teve o benefício negado e também quem requereu o auxílio a partir de 1º de fevereiro de 2020, mas não conseguiu passar pela perícia médica.

Desde setembro, as perícias voltaram a ser presenciais nas 491 agências do INSS em todo o país, após meses de atendimento virtual em razão da pandemia da covid-19.

Apenas os médicos peritos pertencentes a grupos de risco – como pessoas com mais de 60 anos, grávidas, lactantes e pessoas com doenças graves – continuam trabalhando remotamente.

Orientações

Ao ir para a perícia, o segurado deverá levar todos os documentos que comprovem o motivo do afastamento do trabalho, como laudos, exames, atestados e receitas médicas.

O benefício é pago a empregados que não podem ir ao trabalho por mais de 15 dias em decorrência de enfermidade ou de acidente.

Para evitar a aglomeração de pessoas nas agências, o INSS antecipou, entre março e novembro, parte do auxílio doença. O segurado recebeu um adiantamento de até R$ 1.045 – valor do salário mínimo em 2020 – sem a necessidade de perícia.

Após a confirmação do benefício, a quantia recebida antecipadamente seria descontada dos futuros pagamentos.

De acordo com o INSS, a diferença entre o salário mínimo e o valor do auxílio doença, caso este seja superior ao mínimo, foi paga em dezembro. Eventuais ajustes estão sendo feitos neste início de 2021.

Fonte: Agência Brasil

Leia mais sobre Brasil

Em fevereiro, indicadores de emprego da Getulio Vargas mostram piora

Na passagem de janeiro para fevereiro, indicadores de emprego pesquisados pela Fundação Getulio Vargas mostram piora no mercado de trabalho.

5 de março de 2021

Próxima edição do Rock In Rio só vai acontecer em setembro de 2022

Previsto para acontecer em setembro e outubro deste ano, a próxima edição do Rock in Rio só vai ser em 2022 em função do quadro de pandemia.

5 de março de 2021

Pandemia: Senado Federal vai ter sessões exclusivamente virtuais

Aumento nos casos de mortes por Covid-19 levou o Senado Federal a optar apenas por sessões virtuais. As comissões também devem ser remotas.

4 de março de 2021

Atividade econômica cresce no Norte e Centro-Oeste, diz estudo

Impulsionada por programas de recomposição da renda, atividade econômica do Norte cresce no período, assim como no Centro-Oeste, informa BC.

4 de março de 2021

Fraudes ao auxílio emergencial têm ação da Federal em 7 estados

Federais cumprem 28 mandados de busca e apreensão e 7 mandados de sequestro de bens na busca de provas de fraudes ao auxílio emergencial.

4 de março de 2021

Governo negocia para compra de vacinas da Pfizer, Janssen e Gamaleya

O Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informou que as negociações estão avançando durante reunião com a Confederação Nacional de Municípios (CNM).

3 de março de 2021

Mais de 600 prefeituras aderem a consórcio para compra de vacinas

O consórcio liderado pela Federação Nacional dos Prefeitos para compra de vacinas já tem a adesão de 649 municípios até esta quarta-feira.

3 de março de 2021

Mulheres vulneráveis vão ter prioridade em programas sociais

Projeto de lei determina que programas sociais de qualificação profissional promovidos com recursos federais priorizem mulheres vulneráveis.

3 de março de 2021