fbpx

sábado, 08 de maio de 2021

Pesquisadores da USP desenvolvem robô para auxiliar em neurocirurgias

A tecnologia está sendo testada em um ambiente que simula o procedimento do início ao fim e ainda não foi aplicada em pacientes. O projeto é realizado desde 2014.

3 de maio de 2021

Compartilhe

O robô neurocirurgião conta com sensores e um sistema de inteligência artificial (Foto: Divulgação)

Pesquisadores da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (USP) desenvolveram um “robô neurocirurgião” para tornar procedimentos no cérebro de crianças mais rápidos e seguros.

O monitoramento de crises de epilepsia em crianças, por exemplo, pode ser feito com o implante de eletrodos no cérebro. Nesse tipo de neurocirurgia pediátrica, os médicos costumam fazer a maior parte do trabalho de forma manual. Com o auxílio do robô, o procedimento pode ganhar praticidade e agilidade, segundo o professor do departamento de engenharia Glauco Caurin.

“Na verdade, o que a gente chama de robô é um braço mecanizado que tem várias articulações que permitem a esse dispositivo posicionar ferramentas que auxiliam o cirurgião. Ele consegue ser manipulado e posicionado de forma a carregar as ferramentas que vão ser usadas na cirurgia, próximas da cabeça do paciente.”

O pesquisador acrescenta que o robô neurocirurgião conta com sensores e um sistema de inteligência artificial que dá maior precisão no posicionamento dessas ferramentas.

“A gente tem também um sensor, um sistema de imagem 3D que captura tanto a posição do robô quanto de elementos de referência na cabeça do paciente. Então, a gente sabe qual a posição precisa da cabeça do paciente para que eu possa fazer a inserção de ferramentas. Finalmente, eu tenho um computador que fica capturando todas essa informação, compartilhando entre o médico e o robô e um software de navegação.”

Na avaliação de Caurin, o robô será um equipamento auxiliar que vai garantir mais segurança ao médico.

“Quando ele precisa acompanhar ou seguir o que planejou antes da cirurgia, olhando as imagens em 3D do cérebro, ele vai conseguir reproduzir localmente aquilo que ele deseja com precisão submilimétrica.”

A tecnologia está sendo testada em um ambiente que simula o procedimento do início ao fim e ainda não foi aplicada em pacientes.

O projeto é realizado em parceria com a Faculdade de Medicina da USP, do campus de Ribeirão Preto, desde 2014. A estimativa é que, no futuro, pelo menos 1 mil crianças atendidas no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto possam ser beneficiadas com o uso da nova tecnologia.

Com informações da Agência Brasil

Leia mais:

Leia mais sobre Brasil

Órgãos públicos pedem adiamento da nova política do WhatsApp

Os órgãos argumentam que sugestões propostas pelas instituições não foram acolhidas nos novos termos. O App anunciou a atualização de sua política de privacidade em janeiro.

7 de maio de 2021

Polícia Federal apreende minério irregular no Amazonas e no Pará

No Amazonas, uma tonelada de minério de tantalita foi apreendida, que é matéria-prima que emprega na produção de telefones celulares, circuitos de computadores.

7 de maio de 2021

Supremo Tribunal Federal ‘sai do ar’ após suspeita de ataque hacker

O Supremo afirmou ter identificado acessos “fora do padrão” na quinta-feira, o que levou os técnicos do tribunal a restringir o acesso ao portal da Corte, diz nota.

7 de maio de 2021

IBGE indica que 18,3% dos adultos sofreram algum tipo de violência

Pesquisa, divulgada nesta sexta (7), ouviu moradores de 108 mil domicílios sobre violência, sexo e saúde, segurança no trânsito e no trabalho, e segurança pública.

7 de maio de 2021

Justiça revoga prisão domiciliar do ex-deputado Eduardo Cunha

Desembargador do TRF1 atendeu a pedido de habeas corpus da defesa no processo que está relacionado à Operação Sepsis.

7 de maio de 2021

Pesquisador do Inpa é o mais influente do Brasil em mudanças climáticas

Philip Fearnside está em 153º lugar em lista dos mil cientistas mais influentes do mundo na área de mudanças climáticas e é o primeiro dos cinco listados no Brasil.

6 de maio de 2021

Justiça manda PF arquivar investigação contra Sonia Guajajara

Em um inquérito aberto a pedido da Fundação Nacional do Índio (Funai), a indígena era acusada de difamação contra o Governo Federal em uma websérie.

6 de maio de 2021

Senado aprova penas mais duras contra crimes cibernéticos

O texto, de origem no Senado, sofreu alterações na Câmara e voltou ao Senado, onde essas alterações foram confirmadas. Agora, segue para sanção presidencial.

6 de maio de 2021