fbpx

quinta, 06 de maio de 2021

No Senado, projeto da regularização fundiária tem votação adiada

Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco decidiu adiar a votação do projeto de lei que altera regras de regularização fundiária da ocupação de terras da União.

30 de abril de 2021

Compartilhe

O relator, senador Carlos Fávaro, concorda com o adiamento (Foto: Divulgação)

Depois do apelo de senadores, o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, decidiu adiar a votação do projeto de lei que altera regras de regularização fundiária da ocupação de terras da União e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

A retirada de pauta foi solicitada pelos senadores para que haja mais tempo de análise, debate e negociação sobre o texto. O autor do PL 510/2021, senador Irajá (PSD-TO), e o relator, senador Carlos Fávaro (PSD-MT), concordaram com o adiamento, mas apontaram a importância e urgência da matéria.

“A terra sem dono é uma terra sem lei. E é nesse sentido que o projeto fortalece o combate ao desmatamento e às queimadas ilegais, uma vez que os órgãos de fiscalização, de controle, como o Ibama, o Ministério do Trabalho e também o Incra, entre outros, poderão identificar e punir os verdadeiros autores de eventuais crimes ambientais cometidos nessas áreas. Serão áreas de posse e domínio de um proprietário privado cujo CPF está ligado a essa área,” afirmou Irajá.

No projeto, Irajá resgata pontos de seu relatório sobre a medida provisória 910/2019, que perdeu a validade em maio de 2020 porque não foi votada dentro do prazo. O projeto altera a lei 11.952, de 2009, e unifica a legislação de regularização fundiária para todo o país. Os senadores já apresentaram 98 emendas à proposta e poderão apresentar outras até que a matéria volte à pauta de votações. Todas terão que ser avaliadas pelo relator, informa a Agência Senado.

Fávaro disse que os senadores não vão “passar a mão na cabeça de grileiros” nem beneficiar latifundiários.

“Não encontrei neste projeto uma única frase que precariza o meio ambiente. Na realidade, ao titular a terra e colocar o CPF de um cidadão, nós vamos trazendo a regularidade ambiental. É muito cômodo a grileiros de terras públicas ficarem no anonimato, porque a ele não se imputa a regularização ambiental prevista no Código Florestal, porque nós não conseguimos identificá-lo. Nós vamos debater, devemos ampliar esse debate”, afirmou Fávaro, pedindo a votação do projeto na próxima semana.

Leia mais:

Leia mais sobre Brasil

Pesquisador do Inpa é o mais influente do Brasil em mudanças climáticas

Philip Fearnside está em 153º lugar em lista dos mil cientistas mais influentes do mundo na área de mudanças climáticas e é o primeiro dos cinco listados no Brasil.

6 de maio de 2021

Justiça manda PF arquivar investigação contra Sonia Guajajara

Em um inquérito aberto a pedido da Fundação Nacional do Índio (Funai), a indígena era acusada de difamação contra o Governo Federal em uma websérie.

6 de maio de 2021

Senado aprova penas mais duras contra crimes cibernéticos

O texto, de origem no Senado, sofreu alterações na Câmara e voltou ao Senado, onde essas alterações foram confirmadas. Agora, segue para sanção presidencial.

6 de maio de 2021

Senado aprova prorrogação da suspensão de pagamento do Fies

A proposta prorroga o período de suspensão de pagamento das obrigações relativas ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) até o final de 2021. Projeto segue para Câmara.

5 de maio de 2021

Painel do MEC mostra panorama do ensino no país diante da pandemia

O painel lista as ações de enfrentamento da pandemia e o envolvimento das instituições federais de ensino. Foram identificadas 1.680 ações que teriam beneficiado 24,9 milhões

5 de maio de 2021

Ministério libera verba para estados investirem em segurança pública

A verba é do Fundo Nacional de Segurança Pública e poderá ser aplicada na compra de equipamentos, viaturas, tecnologia e capacitação dos profissionais.

5 de maio de 2021

Morre Paulo Gustavo, aos 42 anos, por complicações da Covid-19

O artista estava internado no hospital Copa Star, em Copacabana. Ele deixa o marido e 2 filhos, ambos com apenas 1 ano de idade. O ator estava internado desde 13 de março.

4 de maio de 2021

Após melhora no quadro, Bruno Covas é extubado e deixa UTI

Os médicos que o atendem disseram que Covas está bem, fazendo piadas e querendo assistir ao jogo do time pelo qual torce, o Santos, contra o The Strongest, nesta terça.

4 de maio de 2021