fbpx

terça, 15 de junho de 2021

Museu Nacional recebe doação de peças do Império greco-romano

A peça mais antiga da coleção, doada pelo diplomata aposentado Fernando Cacciatore de Garcia, é de 550 a.C. Já a mais recente é um vaso de vidro, de 550 d.C.

9 de junho de 2021

Compartilhe

Acervo particular foi doado na semana em que o museu comemora 203 anos (Foto: Divulgação)

O Museu Nacional, que pertence à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), recebeu a doação de uma coleção de 27 peças do Império Romano e Grécia Antiga, datadas entre os séculos 550 antes de Cristo e 550 depois de Cristo. A doação coincide com o aniversário de 203 anos do Museu, completados no último domingo (6).

Na coleção, doada pelo diplomata aposentado e escritor gaúcho ministro Fernando Cacciatore de Garcia, estão peças em mármore, cerâmica, vidro, bronze, prata e terracota de importante valor histórico e científico.

O acervo foi formado entre 1974 e 2004, a partir de aquisições feitas pelo diplomata no Rio de Janeiro, em São Paulo, Nova Iorque, Londres, Paris, Amsterdã e Berlim. A peça mais antiga (550 a.C.) é um tijolo arquitetônico que ornamentava um templo na Grécia Oriental, território que, atualmente, pertence à Turquia. Já a mais recente, é um copo de vidro ainda transparente e com design absolutamente contemporâneo que data de 550 d.C.

Para o arqueólogo Pedro Luiz Von Seehausen, a coleção é “magnífica” porque tem diversidade geográfica e cronológica. Segundo ele, será possível recuperar parte do acervo, referente ao período das peças doadas, que foi perdido no incêndio ocorrido em 2 de setembro de 2018.

O arqueólogo destacou que entre as peças está um balsamário (vaso para conservar perfume) duplo em vidro. “Os vidros da coleção [imperatriz] Teresa Cristina foram completamente destruídos pelo incêndio. Foi uma coisa que não se recuperou”, disse Von Seehausen durante coletiva, realizada hoje (9) para anunciar a doação.

Fonte: Agência Brasil

Leia Mais:

Leia mais sobre Brasil

Pesquisa aponta inacessibilidade de sites culturais

Segundo pesquisa realizada pelo Centro Cultural Banco do Brasil, a ausência de ferramentas de acessibilidade para sites culturais afasta o público portador de deficiência.

15 de junho de 2021

Corte de energia elétrica é suspenso pela Aneel por mais três meses

Famílias de baixa renda, cadastradas no CadÚnico do governo federal, não poderão ter o serviço suspenso por falta de pagamento. A medida beneficia 12 milhões de famílias.

15 de junho de 2021

Quatro em dez alunos pensaram em parar os estudos devido à pandemia

A pesquisa ouviu 68.144 jovens de todo o país. Mais da metade (56%) dos jovens de 15 a 29 anos consultados interromperam seus cursos durante a pandemia.

15 de junho de 2021

Sistema penitenciário é “tragédia humanitária”, diz Gilmar Mendes

A Segunda Turma do STF discute o descumprimento de medida que concedeu prisão domiciliar a todos os detentos que são pais ou responsáveis por crianças menores de 12 anos.

15 de junho de 2021

Aumentam casos de violência contra pessoas idosas no Brasil

Assistente social diz que Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, que ocorre hoje (15), deve servir de alerta e de visibilidade sobre o tema.

15 de junho de 2021

Ministério autoriza envio da Força Nacional para reserva Yanomami

Agentes da tropa federal ficaram na capital de Roraima, Boa Vista, por pelo menos 90 dias. Por segurança, o número de agentes deslocado não foi informado.

14 de junho de 2021

MPF busca na Justiça escolta à indígenas após ataque na divisa entre Pará e Amazonas

O ônibus com 72 lideranças indígenas do povo Munduruku foi alvo de tiros de garimpeiros ilegais, enquanto saiam do município de Jacareacanga em busca de ajuda em Brasília.

13 de junho de 2021

Fraudes no Auxílio Emergencial desviaram R$ 54,7 bi para quem não precisava

A falta de um banco de dados com as informações dos brasileiros permitiu fraudes na concessão do benefício. Ao menos 3,7 milhões foram cancelados, diz TCU.

13 de junho de 2021