fbpx

quinta, 23 de setembro de 2021

Museu da Língua Portuguesa será reaberto ao público no domingo

O museu foi destruído por um incêndio em dezembro de 2015. As obras de reconstrução, ao custo de R$ 85 milhões, iniciaram em 2017 e foram entregues nesta quinta-feira (29).

29 de julho de 2021

Compartilhe

A reconstrução do museu trouxe novos espaços ao projeto original (Foto: Divulgação)

O Museu da Língua Portuguesa será reaberto ao público a partir do próximo domingo (1º). No sábado (31), será feita uma cerimônia de abertura com autoridades de países falantes da língua portuguesa e ex-presidentes do Brasil. O museu que fica na Estação da Luz, um edifício do final do século 19 centro de São Paulo, foi destruído por um incêndio em dezembro de 2015. Nesta quinta-feira (29), as obras de reconstrução foram entregues.

Foram investidos cerca de R$ 85 milhões nas obras de reconstrução do museu, de diversos apoiadores privados e do governo do estado de São Paulo e do governo federal, pela Lei Rouanet. As obras começaram em 2017 e foram acompanhadas pelos órgãos federais, estaduais e municipais de proteção do patrimônio histórico e artístico.

Novos espaços

A reconstrução trouxe novos espaços ao projeto original, assinado pelo arquiteto Paulo Mendes da Rocha (1928-2021). Entre as novas intervenções está um terraço com vista para o Jardim da Luz e para a torre do relógio, símbolo da estação. Também foi criado um centro de referência de estudos da língua portuguesa, para receber fóruns e permitir a aproximação de pesquisadores.

O museu manteve o conceito de exposições imersivas e interativas, com conteúdo desenvolvido com a colaboração de linguistas, estudiosos e artistas do Brasil e outros países lusófonos. Entre os nomes de destaque estão o músico José Miguel Wisnik, os escritores José Eduardo Agualusa, Mia Couto, Marcelino Freire e Antônio Risério, a slammer Roberta Estrela D’Alva e o documentarista Carlos Nader.

Protocolos de segurança

A reabertura acontece dentro dos protocolos de segurança para evitar a disseminação da covid-19, com a necessidade de agendamento prévio das visitas e restrição de público. As pessoas também vão receber uma caneta especial para poderem interagir com os vídeos e jogos com tecnologia touch screen.

A instituição também tem como foco além da missão educativa, segundo a diretora-executiva, Renata Motta, o diálogo com a vizinhança. “A gente tem todo um restauro muito bonito desse edifício, com a ativação de novos espaços com ocupação de serviços de café e loja e também um saguão com uma programação cultural que faz o diálogo com esses diferentes públicos do entorno”, destacou.

Serviço

O Museu da Língua Portuguesa fica aberto de terça-feira a domingo, das 9h às 18h. A entrada é gratuita aos sábados. Nos demais dias, os valores são de R$ 20 e R$ 10 para a meia entrada. As informações sobre a visitação e aquisição de ingressos podem ser vistas na página da instituição.

Fonte: Agência Brasil

Leia Mais:

Leia mais sobre Brasil

Brasileiros são os que mais valorizam vacinação, mostra estudo

Entre oito países, Brasil é o que mais valoriza a vacinação, revela levantamento feito pelas empresas GSK e Kantar. Com a pandemia, valorização da prática foi de 59% para 83%

22 de setembro de 2021

STJ diz que não é crime ter item de cultivo de maconha para uso pessoal

Ministros entenderam que item para cultivar maconha não pode ser enquadrado na Lei de Drogas, que prevê pena de 3 a 10 anos de reclusão, se plantio for para consumo próprio.

22 de setembro de 2021

Fiocruz desenvolve teste molecular para detectar hanseníase

De acordo com a Fiocruz, Kit NAT Hanseníase é o primeiro teste molecular comercial para a doença desenvolvido no Brasil e o segundo exame do tipo a obter registro da Anvisa.

22 de setembro de 2021

MEC divulga resultado preliminar do Censo Escolar da Educação Básica

No dia 7 de outubro, o instituto realizará uma live em seu canal do YouTube para orientar os gestores das escolas e redes sobre os procedimentos.

22 de setembro de 2021

Pfizer-BioNTech: vacina contra Covid protege crianças de 5 a 11 anos

Segundo a Pfizer e a BioNTech, produto gerou resposta imune em crianças de 5 a 11 anos em seu ensaio clínico. Casos pediátricos da doença aumentam nos EUA.

20 de setembro de 2021

Aplicativo deve agilizar pré-cadastro de doadores de medula óssea

Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome) tem 5,4 milhões de pessoas. Em 2021, até agosto, foram feitos no Brasil 200 transplantes.

18 de setembro de 2021

Aliança Nacional busca reduzir mortalidade materna e neonatal

"Cuidado materno e neonatal seguro” é o tema do Dia Mundial da Segurança do Paciente 2021, comemorado hoje. Uma carta-compromisso será divulgada nos próximos dias.

17 de setembro de 2021

Anvisa não recomenda mudar orientação sobre vacinação de adolescentes

A Anvisa disse que a aprovação do uso da vacina da Pfizer/BioNTech em adolescentes levou em consideração estudo com 1.972 pessoas nessa faixa etária, com eficácia de 100%.

17 de setembro de 2021