fbpx

domingo, 24 de janeiro de 2021

MEC publica portaria com diretrizes gerais para educação básica

O texto determina que o Sistema de Avaliação da Educação Básica será anual e que os resultados do exame também poderão ser usados para ingresso no ensino superior.

11 de janeiro de 2021

Compartilhe

Novo sistema de avaliação será anual. (Foto: Divulgação)

O Ministério da Educação (MEC) publicou hoje (11), no Diário Oficial da União (DOU), uma portaria com diretrizes gerais para a implementação do novo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). O texto especifica alguns pontos de outra portaria a pasta, publicada em maio de 2020, que determinou que o Saeb será anual e que os resultados do exame também poderão ser usados para ingresso no ensino superior.

O Saeb é um conjunto de instrumentos que permite a produção e a disseminação de evidências, estatísticas, avaliações, exames e estudos a respeito da qualidade das etapas que compõem a educação básica, que engloba a Educação Infantil, o Ensino Fundamental obrigatório de nove anos e o Ensino Médio.

Atualmente a avaliação é aplicada de dois em dois anos a estudantes dos 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio. A portaria publicada em maio, diz que, a partir de 2021, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) passará a avaliar os estudantes todos os anos, a partir do 2º ano do ensino fundamental até o final do ensino médio.

Entre outros pontos, a portaria publicada nesta segunda-feira diz que deverão ser formulados novos objetivos para a avaliação dos estudantes do Ensino Médio, que ocorrerá de maneira seriada e será um exame alternativo de ingresso ao ensino superior.

O texto também diz que a Educação Infantil (de 0 a 5 anos) será avaliada a cada dois anos exclusivamente pela aplicação de questionários eletrônicos de natureza não cognitiva.

De acordo com a portaria, o Inep também deve realizar em parceria com estados e municípios, um Saeb censitário, anual e para as quatro áreas do conhecimento da educação básica; ampliar de forma gradativa a população de referência da avaliação e das condições de acessibilidade dos testes e dos questionários, com progressiva aplicação eletrônica dos exames.

As alterações visam ajustar o Saeb às mudanças na Base Nacional Comum Curricular  observadas as Diretrizes Curriculares Nacionais, na Política Nacional de Alfabetização e o novo Ensino Médio.

O Inep deverá formar uma comissão especial, formada por representantes do órgão, do MEC, do Conselho Nacional de Secretários de Educação, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, além de pesquisadores para assessorar “técnica e pedagogicamente na formulação dos instrumentos de avaliação e na progressiva ampliação da população de referência do Saeb.”

Fonte: Agência Brasil

Veja mais notícias

Carreatas por Fora Bolsonaro estão confirmadas em quase 50 cidades

Carreatas devem acontecer em todas as capitais neste sábado e dão força ao movimento pró- impeachment do presidente.

23 de janeiro de 2021

Lewandowski envia à PGR notícia-crime contra o Bolsonaro e Pazuello

A medida foi em razão aos supostos atos omissivos e comissivos na adoção de medidas para o combate à pandemia do coronavírus no Brasil.

22 de janeiro de 2021

Anvisa aprova segundo lote da vacina CoronaVac

A diferença da análise do segundo lote para o primeiro está no fato de que o envase e os processos de rotulagem e embalagem ocorrem no Instituto Butantan.

22 de janeiro de 2021

Votação para Mesa Diretora da Câmara será exclusivamente presencial

A ministra Rosa Weber do Supremo Tribunal Federal decidiu que a votação deve seguir os protocolos de segurança como distanciamento, uso de máscara e álcool e será presencial.

22 de janeiro de 2021

Estados recebem as vacinas vindas da Índia a partir de sábado

Imunizante contra covid-19 desenvolvido pela Universidade de Oxford com a AstraZeneca passará por processo de checagem de qualidade e rotulagem antes de ser distribuído.

22 de janeiro de 2021

Cientistas criam molécula que bloqueia metástase do câncer de mama

Eles conseguiram decifrar a “linguagem” que existe na molécula, entre as células cancerosas e o microambiente que as acolhe e assim bloquear a expansão de tumores.

22 de janeiro de 2021

Vacinas da Índia devem chegar nesta sexta-feira ao Brasil

Ao todo, 2 milhões de doses foram compradas pelo governo brasileiro. A previsão é que a carga chegue no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo às 17h40.

22 de janeiro de 2021

Índia libera vacina de Oxford para Brasil e envio começa amanhã

Governo brasileiro aguarda recebimento de 2 milhões de doses do contra a covid-19 adquiridas pela Fiocruz. As doses são da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford.

21 de janeiro de 2021