fbpx

quarta, 10 de agosto de 2022

Garoto sofre racismo em escola: “Saudade de quando preto era escravo”

Em mensagens compartilhadas em grupo, alunos de colégio de BH fizeram comentários de cunho racista. Família levará caso à polícia.

19 de dezembro de 2021

Compartilhe

“Eu fiquei estarrecido, o dia acabou para mim”, conta o pai. (Foto: Divulgação)

Um garoto de 14 anos foi alvo de ataques racistas feitos pelos próprios colegas de classe do Colégio Cristão Ver, na região noroeste de Belo Horizonte, Minas Gerais. As informações são do portal Uol.

Em mensagens compartilhadas em um grupo do WhastApp, os alunos fizeram comentários, como “pensei que preto era tudo pobre” e “saudades de quando preto só era escravo”.

O caso ocorreu na última semana. Na próxima segunda-feira (20/12), a vítima, acompanhada do pai, vai registrar um boletim de ocorrência em uma unidade da Polícia Civil.

De acordo com Alexandre, pai do garoto, o grupo foi criado para que alunos trocassem conteúdo e estudassem para as provas de fim de ano. O menino de 14 anos foi incluído no grupo, mas passou a ser excluído das conversas.

Diante da situação, o filho de Alexandre saiu do grupo. Logo em seguida, começaram os ataques com cunho racista.

“Que bom que o ‘neguin’ não tá. Já não aguentava mais preto naquele grupo” [sic], disse um dos alunos.

O nome do grupo chegou a ser alterado para “Pilantrinhas (sem neguin)”. As mensagens continuaram: “nem sabia que preto estudava”; “nem sabia que preto podia ter celular”.

A vítima teve acesso às mensagens por meio de um colega, que viu as conversas e o alertou. O garoto, então, contou sobre o episódio ao pai.

“Eu fiquei estarrecido, o dia acabou para mim”, conta o pai.

Após o caso, a coordenação pedagógica marcou uma reunião com os pais dos alunos envolvidos e o responsável pela vítima. Na ocasião, segundo Alexandre, alguns dos pais tentaram minimizar os ataques racistas.

“Eles se desculparam, mas o leite já foi derramado. Eles bateram muito forte não só na minha família, mas no meu filho também. Hoje, [ele] não foi disputar um campeonato, não sai de casa e não está comendo”, disse.

Da Redação, com informações do Metrópoles

Leia mais:

Leia mais sobre Brasil

Reforço vacinal tem intervalo reduzido e imunossuprimidos terão 4ª dose

Redução no intervalo para a dose de reforço quer ampliar a proteção contra a variante Ômicron. No caso dos imunossuprimidos, o intervalo conta a partir da 3ª dose.

20 de dezembro de 2021

Covid-19: Rio de Janeiro confirma primeiro caso da variante Ômicron

Mulher, cuja identidade não foi revelada, tomou a segunda dose da vacina contra covid-19 em março e não tomou a dose de reforço. Ela chegou ao Rio vindo de Chicago.

20 de dezembro de 2021

Chuvas no Sul da Bahia causam mais duas mortes, indica governo

Segundo órgão baiano, ao menos 14 pessoas morreram e 276 ficaram feridas em função dos eventos hidrológicos. Até ontem, 63 cidades baianas já tinham decretado emergência.

19 de dezembro de 2021

Câmara técnica citada por Queiroga é favorável à vacinação infantil

No sábado, ministro da Saúde, Marcelo Queiroga disse que tema requer análise aprofundada de técnicos, mas especialistas já se manifestaram a favor do tema.

19 de dezembro de 2021

Ninguém acerta a Mega-Sena; próximo sorteio é da Mega da Virada

São os seguintes os números sorteados: 02 - 08 - 34 - 38 - 47 - 51. O prêmio da Mega-Sena da Virada está está estimado em R$ 350 milhões.

19 de dezembro de 2021

Miguel e Helena lideram ranking de nomes mais comuns no Brasil em 2021

Gael é o terceiro nome mais escolhido entre os meninos no Brasil com 23.973 registros no ano de 2021, mostra levantamento da Arpen Brasil.

19 de dezembro de 2021

Queiroga anuncia redução do intervalo da 3ª dose de 5 para 4 meses

Objetivo da medida anunciada por Queiroga é ampliar proteção da população com avanço da variante Ômicron. Portaria com modificação será publicada na segunda-feira.

19 de dezembro de 2021

Anac determina providências, e ITA confirma realocação de passageiros

Aérea do grupo Itapemirim suspendeu voos na noite passada, com clientes já no aeroporto, que ficaram sem garantias de estadia ou de retorno para local de destino.

18 de dezembro de 2021