fbpx

sábado, 23 de outubro de 2021

‘Foi parcial’: com Cármem Lúcia mudando voto, STF dá veredito sobre Moro

Com a mudança do voto da ministra, o jogo virou contra o ex-juiz Sérgio Moro. No placar final, STF decidiu por 3x2 que Moro foi parcial ao julgar Lula.

23 de março de 2021

Compartilhe

Ministra mudou voto dado em 2018 (Foto: Reprodução)

O voto dado pela ministra Cármem Lúcia no processo que condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no caso do triplex de Guarujá, em 2018, foi mudado nesta terça-feira (23), virando o placar contra o ex-juiz Sérgio Moro. Assim, por três votos a dois, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu pela parcialidade de Moro ao julgar o ex-presidente.

Dos cinco membros da Segunda Turma, votaram pela suspeição de Moro os seguintes ministros: Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski. Contra o relator, votaram Edson Fachin e Nunes Marques.

“Eu trago as referências à constituição, sobre a necessidade de observância, desse julgamento imparcial. Como humano somos passíveis de erros, mas a parcialidade comprovada precisa de ser devidamente afastada, isso desde sempre. É isso que faz com que as pessoas se submetam ao direito e não resolvam atos de vingança, que seria barbárie”, disse a ministra enquanto explanava seu voto.

Entre os argumentos para considerar a parcialidade do ex-juiz a ministra citou as conduções coercitivas que foram feitas durante as investigações, repetindo a argumentação de Gilmar sobre espetacularização; as interceptações telefônicas e as quebras de sigilo do ex-ministro petista Antônio Pallocci.

Da Redação, com informações da UOL

Leia Mais:

Leia mais sobre Brasil

Ministério reitera que horário de verão não resulta em economia de energia

De acordo com o Ministério de Minas e Energia, a aplicação do horário de verão “não produz resultados na redução do consumo nem na demanda máxima de energia elétrica".

23 de outubro de 2021

Sorteio da Mega-Sena deve pagar R$ 26,5 milhões neste sábado

Apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) em casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet. Volante com seis dezenas custa R$ 4,50.

23 de outubro de 2021

Morte violenta atinge 6,97 mil crianças e adolescentes por ano no Brasil

As meninas são a maioria das vítimas de violência sexual entre todas as faixas de idade, respondendo por 78% dos casos até 4 anos.

22 de outubro de 2021

Aplicativos de delivery: a nova faceta do trabalho infantil no Brasil

Conforme dados do Ministério da Saúde, o Brasil, entre os anos de 2007 e 2019 registrou 27.971 acidentes de trabalho com crianças e adolescentes.

22 de outubro de 2021

Alexandre de Moraes determina prisão de blogueiro bolsonarista

Decisão foi assinada pelo ministro do STF e determina prisão preventiva do jornalista Allan dos Santos, responsável pelo site Terça Livre, e que mora nos EUA.

21 de outubro de 2021

Rio pode liberar máscaras em locais abertos na próxima semana

Para a liberação do acessório, a capital precisa atingir 65% da população completamente vacinada, disse o prefeito.

21 de outubro de 2021

A um mês do Enem, professores falam sobre uso de redes sociais

Eles dão dicas de como aproveitar essas ferramentas para fixar o conteúdo e alertam sobre os cuidados necessários para não perder o foco dos estudos.

21 de outubro de 2021

Vítimas de violência doméstica ganham acolhimento psicológico gratuito

O projeto, que já atendeu diversas pessoas presencialmente ao longo de três anos, passa a atender de forma on-line pessoas de diferentes regiões do Brasil acima de 18 anos.

20 de outubro de 2021