fbpx

sábado, 22 de janeiro de 2022

Flamengo demite Renato Gaúcho após derrota na final da Libertadores

Ele já vinha sofrendo bastante pressão dentro do clube e a postura desanimada diante do Grêmio, no qual não vibrou com os gols do Flamengo.

29 de novembro de 2021

Compartilhe

Renato Gaúcho (Foto: JC PEREIRA/ AGNEWS)

Renato Gaúcho não é mais o técnico do Flamengo. Em “comum acordo”, ele deixa o time carioca após fracasso na final da Copa da Libertadores, diante do Palmeiras, sábado, em Montevidéu, no Uruguai, com derrota por 2 a 1. Ele já vinha sofrendo bastante pressão dentro do clube e a postura desanimada diante do Grêmio, no qual não vibrou com os gols do time e depois foi acusado de ter “entregado” o empate aumentaram bastante a cobrança pedindo sua saída.

“O Clube de Regatas do Flamengo informa que, após conversa entre as partes, o técnico Renato Gaúcho não comanda mais o time principal”, informou o Flamengo na reapresentação do elenco na tarde desta segunda-feira. A equipe volta a campo no Brasileirão nesta terça-feira, diante do Ceará, no Maracanã com comando interino.

O treinador já havia falado em tom de despedida no vestiário de Montevidéu após a derrota por 2 a 1 diante do time paulista de Abel Ferreira. “Infelizmente no Brasil, só quem ganha é valorizado”, havia dito, bastante cabisbaixo e já ciente do seu futuro.

O técnico deixa o clube carioca com impressionante aproveitamento de 72,8%. Foram 38 jogos sob seu comando, com 25 vitórias, oito empates e somente cinco derrotas. Os números, apesar de muito bons, contrastam com a queda de rendimento nesta reta final de temporada e a perda de todos os títulos disputados

Sob o comando de Renato Gaúcho, o Flamengo perdeu a final da Libertadores, a corrida pelo tricampeonato do Brasileirão e ainda amargou eliminação na semifinal da Copa do Brasil em pleno Maracanã com derrota por 3 a 0 para o Athletico-PR.

Renato Gaúcho ficou menos de cinco meses do Flamengo e jamais conquistou a torcida do clube, sempre rebatendo o trabalho do treinador e cobrando melhora que não vinha. Apesar de o ano estar no fim, há a possibilidade de ele permanecer no Rio para a próxima temporada. Seu nome está entre os favoritos para dirigir o Fluminense em 2022.

Com informações do Estadão Conteúdo

Leia Mais:

Leia mais sobre Brasil

Reforço vacinal tem intervalo reduzido e imunossuprimidos terão 4ª dose

Redução no intervalo para a dose de reforço quer ampliar a proteção contra a variante Ômicron. No caso dos imunossuprimidos, o intervalo conta a partir da 3ª dose.

20 de dezembro de 2021

Covid-19: Rio de Janeiro confirma primeiro caso da variante Ômicron

Mulher, cuja identidade não foi revelada, tomou a segunda dose da vacina contra covid-19 em março e não tomou a dose de reforço. Ela chegou ao Rio vindo de Chicago.

20 de dezembro de 2021

Chuvas no Sul da Bahia causam mais duas mortes, indica governo

Segundo órgão baiano, ao menos 14 pessoas morreram e 276 ficaram feridas em função dos eventos hidrológicos. Até ontem, 63 cidades baianas já tinham decretado emergência.

19 de dezembro de 2021

Garoto sofre racismo em escola: “Saudade de quando preto era escravo”

Em mensagens compartilhadas em grupo, alunos de colégio de BH fizeram comentários de cunho racista. Família levará caso à polícia.

19 de dezembro de 2021

Câmara técnica citada por Queiroga é favorável à vacinação infantil

No sábado, ministro da Saúde, Marcelo Queiroga disse que tema requer análise aprofundada de técnicos, mas especialistas já se manifestaram a favor do tema.

19 de dezembro de 2021

Ninguém acerta a Mega-Sena; próximo sorteio é da Mega da Virada

São os seguintes os números sorteados: 02 - 08 - 34 - 38 - 47 - 51. O prêmio da Mega-Sena da Virada está está estimado em R$ 350 milhões.

19 de dezembro de 2021

Miguel e Helena lideram ranking de nomes mais comuns no Brasil em 2021

Gael é o terceiro nome mais escolhido entre os meninos no Brasil com 23.973 registros no ano de 2021, mostra levantamento da Arpen Brasil.

19 de dezembro de 2021

Queiroga anuncia redução do intervalo da 3ª dose de 5 para 4 meses

Objetivo da medida anunciada por Queiroga é ampliar proteção da população com avanço da variante Ômicron. Portaria com modificação será publicada na segunda-feira.

19 de dezembro de 2021