fbpx

domingo, 05 de dezembro de 2021

Fenaj vai à Justiça para incluir jornalistas no plano de imunização

Levantamento mais recente da entidade mostra que, este ano, morreu em média um profissional da imprensa por dia no Brasil, um salto de 280% em relação aos óbitos registrados.

10 de junho de 2021

Compartilhe

Profissionais precisam cobrir os acontecimentos mesmo na pandemia (Foto: Reprodução)

A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) entrou com uma ação civil pública contra a União no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), ontem (9). A entidade reivindica a revisão do Plano Nacional de Imunização (PNI) e a inclusão dos profissionais de imprensa nos grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19.

No mês passado, a federação montou uma campanha online para pressionar o Governo Federal com relação à pauta.

Justificativa

O principal argumento da Fenaj são os números de mortes entre profissionais da imprensa monitorados diariamente em todo o Brasil.

Em live promovida na noite de ontem, a entidade apresentou os dados mais recentes sobre os casos de Covid na categoria: em 2021, em média um jornalista morreu vítima da doença no Brasil. Em números absolutos, 155 trabalhadores da comunicação morreram entre janeiro e o dia 3 de junho deste ano, um salto de 280% em relação aos óbitos registrados em 2020.

Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Pará e Amazonas concentram mais de um terço (37,8%) dos óbitos. A faixa etária de 50 a 70 anos responde por metade das mortes (50,4%). Em termos gerais, a idade média das vítimas é de 59,5 anos. Se forem consideradas apenas mulheres, a idade cai para 49,5 anos.

O deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT-MS), autor de um projeto de lei que prevê a inclusão dos jornalistas no Plano Nacional de Imunização, participou da live desta quarta-feira (9). O parlamentar destacou a importância do papel da imprensa na pandemia. “São os jornalistas que dão um norte e orientam a população. Para isso, se colocam em risco diariamente. É imprescindível que sejam imunizados”, disse.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Brasil

Réveillon no Rio de Janeiro é suspenso e Carnaval 2022 é incerto

"Tomara que não precise cancelar o carnaval", disse o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, após anunciar neste sábado (4) a suspensão da festa de réveillon.

4 de dezembro de 2021

Após 40 anos do primeiro caso, epidemia de HIV/aids ainda mata brasileiros

Representantes de grupos de pessoas com HIV reclamam de discriminação e de falta de vontade política para enfrentar a doença. Em 2020, foram registrados 32.701 casos no país.

4 de dezembro de 2021

Homens seguem em cargos-chave na OAB apesar de nova regra

Quase 70% dos secretários-gerais do próximo triênio serão homens, enquanto 74% das secretarias gerais adjuntas serão ocupadas por mulheres.

4 de dezembro de 2021

Vacinas são eficazes e não é hora de mudá-las, defendem diretores da OMS

Os diretores concordam que, agora, a maior preocupação é com a cepa identificada na Índia. E que, ao combater a Delta, países conseguem se preparar para lidar com a Ômicron.

4 de dezembro de 2021

Brasil registra 229 mortes e 10,4 mil infecções pela covid-19 em 24 horas

O País chegou aos 22,1 milhões de casos da infecção desde março de 2020. A média móvel de casos nos últimos 7 dias é de 8.777, conforme o consórcio de veículos de imprensa.

3 de dezembro de 2021

Merval Pereira é eleito presidente da Academia Brasileira de Letras

Também foram eleitos Nélida Piñon, secretária-geral, Joaquim Falcão, primeiro-secretário, Celso Lafer, segundo-secretário, e Evaldo Cabral de Mello, tesoureiro.

3 de dezembro de 2021

Visitas íntimas nas penitenciárias do país têm normas estabelecidas

Administração prisional exigirá, para a concessão da visita conjugal, o prévio cadastro da pessoa autorizada no respectivo serviço social do estabelecimento penal.

2 de dezembro de 2021

Anvisa aprova oitavo produto medicinal à base de Cannabis para uso no Brasil

O produto trata-se de uma solução de uso oral e será fabricado na Colômbia e, depois de pronto, iniciará a distribuição e a comercialização no Brasil.

2 de dezembro de 2021