fbpx

quinta, 23 de setembro de 2021

Estudo europeu indica que variante Mu é potencialmente preocupante

Esta é a quinta variante de interesse do novo coronavírus já identificada pelos cientistas da OMS. As outras detectadas foram: Eta, Iota, Kappa e Lambda.

11 de setembro de 2021

Compartilhe

Embora seja pouco contagiosa, a Mu é resistente as vacinas. (Foto: Reprodução)

Um estudo da Agência Europeia de Medicamentos divulgado nesta 5ª feira (9.set) apontou que a nova variante do coronavírus B.1.621, denominada “Mu”, é potencialmente preocupante. A cepa foi identificada originalmente na Colômbia em janeiro deste ano e é classificada como “variante de interesse” pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Segundo Marco Cavaleri, chefe de estratégia de vacinas do regulador europeu, a Mu pode ser potencialmente mais preocupante, porque pode apresentar um possível risco de imuno evasão, ou seja, resistência às vacinas. Ele ressaltou, no entanto, que os dados mostram que a cepa não se espalha tão amplamente como a variante Delta.

Para concluir os estudos, os pesquisadores da agência europeia informaram que irão se comunicar com os centros de pesquisa de vacinas para obter a real eficácia dos imunizantes contra a nova variante.

Desde o primeiro registro da cepa, foram notificados casos esporádicos na Colômbia, com notícias de contaminações em outros países da América do Sul e da Europa. Até o momento, a Mu já foi identificada em 39 países.

Esta é a quinta variante de interesse do novo coronavírus já identificada pelos cientistas da OMS. As outras detectadas foram: Eta, Iota, Kappa e Lambda. Já as atuais variantes de preocupação são: Alfa, Beta, Gama e Delta.

Leia mais:

Leia mais sobre Brasil

Surdos defendem Libras como segundo idioma oficial do Brasil

Presidente da Associação de Surdos de São Paulo diz que data busca conscientizar sobre importância dessa forma de comunicação, fundamental para inclusão da comunidade surda.

23 de setembro de 2021

Brasileiros são os que mais valorizam vacinação, mostra estudo

Entre oito países, Brasil é o que mais valoriza a vacinação, revela levantamento feito pelas empresas GSK e Kantar. Com a pandemia, valorização da prática foi de 59% para 83%

22 de setembro de 2021

STJ diz que não é crime ter item de cultivo de maconha para uso pessoal

Ministros entenderam que item para cultivar maconha não pode ser enquadrado na Lei de Drogas, que prevê pena de 3 a 10 anos de reclusão, se plantio for para consumo próprio.

22 de setembro de 2021

Fiocruz desenvolve teste molecular para detectar hanseníase

De acordo com a Fiocruz, Kit NAT Hanseníase é o primeiro teste molecular comercial para a doença desenvolvido no Brasil e o segundo exame do tipo a obter registro da Anvisa.

22 de setembro de 2021

MEC divulga resultado preliminar do Censo Escolar da Educação Básica

No dia 7 de outubro, o instituto realizará uma live em seu canal do YouTube para orientar os gestores das escolas e redes sobre os procedimentos.

22 de setembro de 2021

Pfizer-BioNTech: vacina contra Covid protege crianças de 5 a 11 anos

Segundo a Pfizer e a BioNTech, produto gerou resposta imune em crianças de 5 a 11 anos em seu ensaio clínico. Casos pediátricos da doença aumentam nos EUA.

20 de setembro de 2021

Aplicativo deve agilizar pré-cadastro de doadores de medula óssea

Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome) tem 5,4 milhões de pessoas. Em 2021, até agosto, foram feitos no Brasil 200 transplantes.

18 de setembro de 2021

Aliança Nacional busca reduzir mortalidade materna e neonatal

"Cuidado materno e neonatal seguro” é o tema do Dia Mundial da Segurança do Paciente 2021, comemorado hoje. Uma carta-compromisso será divulgada nos próximos dias.

17 de setembro de 2021