fbpx

domingo, 24 de janeiro de 2021

Covid-19 matou quase 200 mil pessoas em 2020 no Brasil

Boletim do Observatório Covid-19 faz balanço da pandemia no Brasil em 2020. Ao longo dessas 44 semanas epidemiológicas foram contabilizados 7.714.819 casos e 195.742 óbitos.

13 de janeiro de 2021

Compartilhe

Pandemia tirou quase 200 mil vidas no Brasil, no ano passado. (Foto: Divulgação)

 A primeira edição de 2021 do Boletim do Observatório Covid-19Fiocruz traça um panorama da pandemia no Brasil ao longo das semanas epidemiológicas de 2020.

A publicação faz um balanço que começa na semana epidemiológica 9, que abrange a data do primeiro caso de Covid-19 no país, em 26 de fevereiro, até a de número 53, de 27 de dezembro a 2 de janeiro.

Tragédia

Ao longo dessas 44 semanas epidemiológicas foram contabilizados 7.714.819 casos e 195.742 óbitos.

A edição especial recorda que as dimensões continentais, a heterogeneidade, as imensas desigualdades sociais e as iniquidades em saúde verificadas no país são grandes obstáculos no cenário atual e também o serão na futura situação de pós-pandemia.

E destaca que o SUS, que tem a equidade em saúde como um de seus princípios fundamentais, exerce um papel imprescindível no enfrentamento da pandemia.

Desigualdades socioeconômicas

Outro texto da edição é focado exatamente na questão da equidade em saúde e reforça que não há saúde para alguns se não houver saúde para todos.

Na condição de um dos dez países com maiores índices de desigualdades socioeconômicas, o Brasil precisa encarar esse desafio adicional no enfrentamento da pandemia e romper com o ciclo vicioso de retroalimentação das desigualdades sociais.

Boletim Covid-19

Este número especial traz ainda uma linha do tempo que reúne os principais fatos e acontecimentos da Covid-19 no Brasil, de 28 de janeiro a 31 de dezembro.

A retrospectiva inclui o número de casos e mortes no país e no mundo, mês a mês.

Segundo o Boletim, a disponibilidade de leitos de UTI Covid-19 existentes (SUS e não SUS) para adultos por 10 mil habitantes nos estados tem se mantido estável.

De 21 de dezembro a 4 de janeiro, dados do CNES indicam somente uma pequena redução no indicador no Ceará e pequenos incrementos no Amazonas, Minas Gerais, Paraná e Tocantins.

No período indicado, nove capitais estão com taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos de pelos menos 80%: Manaus (89,4%), Boa Vista (83,3%), Macapá (94,4%), Belém (100,0%), Belo Horizonte (80,5%), Vitória (80,1%), Rio de Janeiro (99,8%), Curitiba (80,0%) e Campo Grande (100,0%). Somam-se a elas ainda, com taxas superiores a 70,0%, Recife (77,5%) e Porto Alegre (73,8%).

Este Boletim Especial dedicado a 2020 e todas as edições anteriores estão disponíveis no site do Observatório e na Agência Fiocruz de Notícias, oferecendo um panorama geral do cenário epidemiológico com indicadores-chave para monitoramento da situação em estados e regiões. As demais ações, relatórios e notas técnicas podem ser acessadas no site do Observatório Covid-19.

Leia Mais:

Veja mais notícias

Carreatas por Fora Bolsonaro estão confirmadas em quase 50 cidades

Carreatas devem acontecer em todas as capitais neste sábado e dão força ao movimento pró- impeachment do presidente.

23 de janeiro de 2021

Lewandowski envia à PGR notícia-crime contra o Bolsonaro e Pazuello

A medida foi em razão aos supostos atos omissivos e comissivos na adoção de medidas para o combate à pandemia do coronavírus no Brasil.

22 de janeiro de 2021

Anvisa aprova segundo lote da vacina CoronaVac

A diferença da análise do segundo lote para o primeiro está no fato de que o envase e os processos de rotulagem e embalagem ocorrem no Instituto Butantan.

22 de janeiro de 2021

Votação para Mesa Diretora da Câmara será exclusivamente presencial

A ministra Rosa Weber do Supremo Tribunal Federal decidiu que a votação deve seguir os protocolos de segurança como distanciamento, uso de máscara e álcool e será presencial.

22 de janeiro de 2021

Estados recebem as vacinas vindas da Índia a partir de sábado

Imunizante contra covid-19 desenvolvido pela Universidade de Oxford com a AstraZeneca passará por processo de checagem de qualidade e rotulagem antes de ser distribuído.

22 de janeiro de 2021

Cientistas criam molécula que bloqueia metástase do câncer de mama

Eles conseguiram decifrar a “linguagem” que existe na molécula, entre as células cancerosas e o microambiente que as acolhe e assim bloquear a expansão de tumores.

22 de janeiro de 2021

Vacinas da Índia devem chegar nesta sexta-feira ao Brasil

Ao todo, 2 milhões de doses foram compradas pelo governo brasileiro. A previsão é que a carga chegue no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo às 17h40.

22 de janeiro de 2021

Índia libera vacina de Oxford para Brasil e envio começa amanhã

Governo brasileiro aguarda recebimento de 2 milhões de doses do contra a covid-19 adquiridas pela Fiocruz. As doses são da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford.

21 de janeiro de 2021