fbpx

terça, 20 de abril de 2021

Concessão de aeroportos rende R$ 3,3 bilhões em leilão desta quarta

A concorrência foi efetivada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em três blocos: Norte, Sul e Central e rendeu R$ 3,3 bilhões.

7 de abril de 2021

Compartilhe

Leilão dos blocos de aeroportos aconteceu na Bolsa de Valores de São Paulo (Foto: Divulgação)

Em leilão realizado nesta quarta-feira (7) na Bolsa de Valores de São Paulo (B3), foram concedidos 22 aeroportos em 12 estados, arrecadando-se R$ 3,3 bilhões em outorgas. A concorrência foi feita pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em três blocos: Norte, Sul e Central.

A Companhia de Participações em Concessões, parte do grupo CCR, arrematou o bloco Sul, por R$ 2,1 bilhões, e o lote Central, por R$ 754 milhões. Os lances representam, respectivamente, ágio de 1.534% e 9.156% em relação aos lances mínimos. A Vinci Airports ficou com o bloco Norte, pagando R$ 420 milhões, um ágio de 777% sobre o preço mínimo estipulado.

Aeroporto de Manaus no bloco Norte

Estão no bloco Norte os aeroportos de Manaus (AM), Porto Velho (RO), Rio Branco (AC), Cruzeiro do Sul (AC), Tabatinga (AM), Tefé (AM) e Boa Vista (RR). O lance mínimo havia sido estipulado em 47,9 milhões.

No bloco Sul foram concedidos os terminais de Curitiba (PR), Foz do Iguaçu (PR), Navegantes (SC), Londrina (PR), Joinville (SC), Bacacheri (PR), Pelotas (RS), Uruguaiana (RS) e Bagé (RS). O valor mínimo para esse lote era de R$ 130,2 bilhões.

O bloco Central é composto pelos aeroportos de Goiânia (GO), São Luís (MA), Teresina (PI), Palmas (TO), Petrolina (PE) e Imperatriz (MA). O lance mínimo era de R$ 8,1 milhões.

O Ministério da Infraestrutura espera que os terminais, por onde circulam cerca de 24 milhões de passageiros por ano, recebam aproximadamente R$ 6,1 bilhões em investimentos. Devem, segundo o ministério, ser investidos R$ 2,85 bilhões no bloco Sul, R$ 1,8 bilhão no Central e R$ 1,4 bilhão no Norte. Os contratos de concessão tem validade de 30 anos.

Leia mais:

Leia mais sobre Brasil

Número de acessos móveis no Brasil cresce e fecha 2020 com 234 milhões

Número é maior que população porque muitos têm mais de um chip. Acessos móveis são os chips de celular, que podem ser usados para serviços de voz ou de Internet.

19 de abril de 2021

Filho adotivo de Flordelis diz que mãe sabia do assassinato do marido

Lucas dos Santos de Souza, filho adotivo da deputada Flordelis (PSD-RJ), disse que não tinha como a mãe não ter conhecimento do planejamento do assassinato de seu marido.

19 de abril de 2021

Relator permite bloqueio de R$ 9 bilhões em despesas discricionárias

O Congresso analisa abertura de crédito extraordinário a programas emergenciais para redução de salário e jornada na iniciativa privada e apoio a micro e pequenas empresas.

19 de abril de 2021

Mortes pelo coronavírus levam Brasil a ultrapassar Estados Unidos

O país bateu os Estados Unidos, ao atingir a marca de 1.750 mortos por Covid-19 a cada milhão de habitantes, e está em 12ª posição no ranking mundial.

19 de abril de 2021

INSS orienta sobre saque irregular feito após óbito de beneficiário

Comunicação sobre saques indevidos entre a Polícia Federal ou Ministério Público Federal está disciplinado pelo INSS por meio de norma.

19 de abril de 2021

Nascidos em junho recebem hoje o pagamento do Auxílio Emergencial

O benefício da governo federal terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família e também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais.

18 de abril de 2021

Acumulada a seis sorteios, Mega-Sena pode pagar R$ 40 milhões neste sábado

O prêmio está acumulado há seis sorteios e as apostas podem ser feitas por maiores de 18 anos até as 19h, no horário de Brasília, nas lotéricas de todo o país.

17 de abril de 2021

Ex-senador americano John Kerry pede ações do Brasil em relação ao meio ambiente

Em redes sociais, Kerry afirmou que o compromisso de Bolsonaro contra o desmatamento ilegal é importante, e que os Estados Unidos aguardam “ações imediatas e engajadas".

17 de abril de 2021