fbpx

quarta, 01 de dezembro de 2021

Câmeras do ‘Clima Vivo’ registram passagem de meteoro no Brasil

Com uma duração de 12 segundos, o fenômeno foi registrado câmeras do Observatório Heller & Jung e por câmeras do Clima ao Vivo, empresa que presta serviços de meteorologia.

17 de novembro de 2021

Compartilhe

Foi uma das passagens mais longas de meteoro no céu do país (Foto: Reprodução)

Diversas cidades de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul viram, no dia 13, às 19h37 (horário de Brasília), uma das passagens mais longas de meteoro no céu do país. Com uma duração de 12 segundos, o fenômeno foi registrado por duas câmeras do Observatório Heller & Jung e por oito câmeras do Clima ao Vivo, empresa que presta serviços de meteorologia.

Os registros foram feitos nos municípios gaúchos de Vacaria, Caxias do Sul, Bom Princípio e Taquara. Também houve registros em câmeras localizadas em Cerqueira César e Sorocaba, em São Paulo; Florianópolis e Tangará, em Santa Catarina; e em câmeras localizadas em Telêmaco Borba, no Paraná. 

As imagens podem ser vistas no site do Clima Vivo.

Segundo o astrônomo e diretor da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon, na sigla em inglês), Marcelo Zurita, asteroides, meteoros e cometas orbitam o Sol em uma velocidade altíssima, entre 40 mil e 266 mil quilômetros por hora. 

“Quando atingem a atmosfera da Terra nessa velocidade, mesmo fragmentos tão pequenos quanto um grão de areia são capazes de aquecer instantaneamente os gases atmosféricos, gerando um fenômeno luminoso chamado de meteoro. Então, o meteoro é apenas o fenômeno luminoso, nada mais. Meteoro não é sólido, não é líquido e nem gasoso, é apenas luz. Popularmente, o meteoro é também chamado de estrela cadente”, explica o astrônomo.

Especialistas da Clima ao Vivo, Climatempo e Bramon analisam as principais imagens capturadas por câmeras de monitoramento climático e astronômico.

Fonte: Agência Brasil

Leia Mais:

Leia mais sobre Brasil

Covid-19: dois casos da variante Ômicron são confimados no Brasil

Após sequenciamento genético de amostras, foi identificado, em análises prévias, a variante Ômicron, em um casal que chegou no Brasil em um voo vindo da África.

30 de novembro de 2021

Enfrentamento à Covid: Belém cancela as festas de Réveillon e Carnaval

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, tomou a decisão após reunir com órgãos da Saúde e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid na capital paraense.

30 de novembro de 2021

Anvisa aprova novo tratamento para HIV com duas substâncias

A aprovação do novo medicamento, segundo a Anvisa, representa um avanço no tratamento, já que reúne em uma dose diária dois antirretrovirais.

30 de novembro de 2021

Queiroga descarta antecipar 3ª dose; OMS vê risco de avanço da variante

A Ômicron motivou alerta diante do alto número de mutações, mas cientistas afirmam que ainda é preciso investigar se ela tem a capacidade de maior transmissão.

30 de novembro de 2021

Lionel Messi bate Lewandowski e ganha a Bola de Ouro pela 7ª vez

Messi teve uma temporada difícil pelo Barcelona e ganhou apenas a Copa do Rei pelo clube. Ainda assim, conseguiu se destacar individualmente.

29 de novembro de 2021

Anvisa publicou regras para entrada de viajantes no Brasil; conheça-as

As regras, segundo a Anvisa, não restringem a entrada de brasileiros, de qualquer natureza ou origem. “Brasileiros não têm restrição de acesso ao país”, disse a agência.

29 de novembro de 2021

Flamengo demite Renato Gaúcho após derrota na final da Libertadores

Ele já vinha sofrendo bastante pressão dentro do clube e a postura desanimada diante do Grêmio, no qual não vibrou com os gols do Flamengo.

29 de novembro de 2021

Cinquenta e dois pesquisadores da Capes anunciam renúncia coletiva

Os pesquisadores que pediram renúncia de suas funções são das áreas de Matemática e Física. A cada quatro anos, a Capes avalia esses cursos em todo o Brasil.

29 de novembro de 2021