fbpx

domingo, 16 de maio de 2021

Após uma série de falhas, Pazuello teria pedido para sair de Ministério

Conforme interlocutores do planalto, o ministro comunicou diretamente ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), estar com problemas de saúde.

14 de março de 2021

Compartilhe

Pazuello é o terceiro ministro da Saúde a pedir para sair do cargo na gestão de Bolsonaro

Nos próximos dias, mais uma troca no Ministério da Saúde pode acontecer. Sai o ministro Eduardo Pazuello, que após estar envolvido em uma série de polêmicas em sua atuação no comando do MS diante do enfrentamento da pandemia, pediu afastamento do cargo alegando “problemas de saúde”.

De acordo com o jornal O Globo, interlocutores do planalto, o ministro comunicou diretamente ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), estar com problemas de saúde e que, por isso, precisará de mais tempo para se a reabilitar.

Pessoas próximas ao presidente já entraram em contato com dois médicos cardiologistas cotados para substituir Pazuello: Ludhmilla Abrahão Hajjar, professora associada da USP, e Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Ao longo dos últimos meses, Pazuello tem sido pressionado por parlamentares a sair do cargo, por alegações de omissões diante da crise sanitária que o país enfrenta. Entre elas, a falta de oxigênio no Amazonas, que causou a morte de várias pessoas em janeiro. Aliás isso está sendo investigado pela Polícia Federal.

Com essa saída, Pazuello é o terceiro ministro da Saúde, da gestão de Bolsonaro, a pedir para sair do cargo, em um intervalo de menos de um ano.

Texto: Milena Soares, com informações do O Globo

Leia mais:

Leia mais sobre Brasil

Pela primeira vez, travestis sofrem mais mortes violentas que gays no país

Números também são refletidos no governo e na democracia. Recentemente, a vereadora mais votada em Niterói, a trans Benny Briolli (Psol), saiu do país por sofrer ameaças.

16 de maio de 2021

Após quadro irreversível do câncer, Bruno Covas morre em São Paulo

Velório de Bruno Covas será fechado, com a presença apenas da família, mas haverá uma cerimônia na prefeitura. Ele estava licenciado do cargo desde o início deste mês.

16 de maio de 2021

É gratuito: seminário online debate acessibilidade e inclusão digital

Serão seis dias de debates e oficinas para promover diálogos sobre acessibilidade digital, além de capacitar profissionais e interessados na produção de conteúdo virtual.

16 de maio de 2021

Cristo recebe iluminação para incentivar vacinação contra a Covid-19

Projeção em inglês e português durou por três horas no ponto turístico carioca. Movimento Unidos pela Vacina idealizou o projeto. Ação não teve público presencial.

16 de maio de 2021

Novas regras do Whatsapp passam a valer hoje no Brasil

Os Termos e Condições da modalidade empresarial do app (Whatsapp Business) a partir desse domingo obriga os usuários a compartilharem informações com o Facebook.

15 de maio de 2021

Terremoto de 4,3 graus de magnitude atinge o Pará

A cidade de Breves, no estado do Pará, distante 222 quilômetros de Belém, foi o local onde o Serviço Geológico do Brasil registrou o tremor de terra.

15 de maio de 2021

Mega-sena terá sorteio de R$ 33 milhões neste sábado

Nessa semana um bilhete da Lotofácil teve um manauara vencedor de R$ 1 milhão. As apostas podem ser realizadas até às 19h (Horário de Brasília).

15 de maio de 2021

Bruno Covas tem quadro considerado irreversível, diz boletim médico

De acordo com a equipe médica, Covas, que está internado no hospital Sírio-Libanês em um quarto acompanhado pela família, recebendo sedativos.

14 de maio de 2021