quinta-feira, 13 de junho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Amazonas não tem caso de reinfecção por coronavírus segundo FVS-AM

Mas o perigo de reinfecção existe e no Brasil já houve a confirmação de casos de reinfecção, conforme divulgado pelo Ministério da Saúde.
COMPARTILHE
Teste rápido para Covid-19 nas farmácias.
O teste rápido para covid-19 nas farmácias é por meio de coleta de gotas de sangue.

A Fundação Vigilância em Saúde do Amazonas informa que não  há casos de reinfecção de coronavírus, causando novamente um quadro de doença de Covid-19 em pacientes no Estado até a tarde desta segunda-feira (28).

Mas o perigo de reinfecção existe e no Brasil já houve a confirmação de casos de reinfecção, conforme divulgado pelo Ministério da Saúde e pelas Secretarias de Estado de Saúde da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

Primeiro caso de reinfecção no Brasil

No início deste mês, as amostras coletadas de uma profissional da saúde residente em Natal e que trabalha em ambos os estados, foram analisadas pelo Laboratório de Vírus Respiratórios e do Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) que confirmou a reinfecção.

O Laboratório atua como Centro de Referência Nacional em vírus respiratórios junto ao Ministério da Saúde e como referência para a Organização Mundial da Saúde em Covid-19, nas Américas.

Este é considerado o primeiro caso confirmado de reinfecção do país, uma vez que todos os procedimentos adotados para análise das amostras seguiram o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

Suspeita

É considerado caso suspeito de reinfecção quando o indivíduo obtém dois resultados positivos em diferentes testes para a Covil-19.

Os resultados observados por meio da técnica de RT-PCR em tempo real para o vírus SARS-CoV-2, com intervalo igual ou superior a 90 dias entre os dois episódios de infecção respiratória, independentemente da condição clínica observada nos dois episódios.

Perigo eminente

“Não se confie que você já teve covid, o que a gente está vendo, nesse momento, e se for isso que está acontecendo em Manaus é ainda mais grave é uma queda na imunidade da população”, comentou o vereador Marcelo Serafim em vídeo.

O parlamentar tem formação na área da saúde e desde o início da pandemia posta vídeos comentando o cenário com base em dados divulgados pelos órgãos responsáveis.

Uma pesquisa publicada no início deste mês pela revista Science apontou que, em outubro, cerca de 76% da população de Manaus já poderia ter sido infectada pelo Sars-CoV-2.

Marcelo afirma no vídeo que se houver queda nesse índice de imunidade o resultado de aglomerações devido às festas de fim de ano poderá ser ainda mais dramático.

Reportagem: Daniela Tipiti

Leia Mais:

COMPARTILHE